quinta-feira, agosto 31, 2006

O mundo privado...

Hoje vou até à capital numa visita relâmpago de dois dias... Aos lisboetas, aí vou eu! Aos outros, cá voltarei...

Assim vai o mundo...

O mundo dos blogs...

O blog do meu caríssimo homónimo fez um ano ontem... Como ele não tem caixa de comments, fica aqui os parabéns...

Assim deseja o mundo...

O Mundo na moda...

Parece que este Mundo está na moda! Tem havido mais comments, mais elogios, mais críticas... Não me importo com elas, desde que: sejam identificadas, sustentadas e com direito a contraditório! Quem vier com insultos ou superioridade, tem de se sujeitar ao que eu responder... Até porque fui avisado que há a chamada bomba atómica: bloqueamento de IP!:) Mas não creio que chegarei a isso alguma vez... Gosto de paz...

Assim vai o mundo...

O mundo tem cada coisa...

"A puberdade precoce é culpa da televisão. Segundo o endocrinologista Roberto Salti, do Hospital Mayer de Florença, o stress provocado pela violência de certos programas estimula a produção de hormonas pelo hipotálamo e hipófise. Cada vez mais crianças manifestam os primeiros sinais de puberdade a partir dos seis ou sete anos, para as meninas, e oito ou nove, para os rapazes, indica o especialista." in Corriere della Sera, Milão.

Pois, eu ainda sou do tempo dos livros e da rádio... Mentira, vi muita tv e talvez tenha tido uma puberdade precoce, mas creio que o segredo é que a adolescência seja vivida da mesma forma. Não queremos que as crianças sejam adultos em miniatura...

Assim vai o mundo...

quarta-feira, agosto 30, 2006

O mundo...

Descobri que a TSF tem um arquivo fantástico do programa Pessoal e... Transmissível do fantástico Carlos Vaz Marques... Já que não posso ouvir todos os dias, tenho agora um lugar para beber cultura...
A propósito ouvi hoje o programa com Rosa Montero... Deu vontade de ler este livro dela...

Se as programações estiverem correctas, hoje à noite na TVI dará a peça de teatro Os Portas... Fui vê-la ao teatro com um amigo, e adorei. Apreciem sobretudo os monólogos...

Assim aconselha o Mundo...

A música do mundo...

Há muito tempo que a minha Pewoochi me mostrou esta música... Falei há dias no seu autor... Esta não é uma música qualquer! É um conselho de vida, é uma lição de vida, é um ensinamento de vida... Todos estamos a precisar de ouvir isto (e tu mais que ninguém)! Para quem quiser com legendas, tem neste link...
Minhas senhores e meus senhores Baz Lurhmann com "Everybody's free (to wear sunscreen)...



PS- O post de ontem foi algo único nest blog...

Assim vai o mundo...

terça-feira, agosto 29, 2006

O mundo dos que não gostam do Mundo...

"Estaria-se bem com umas leituras bem divertidas aqui do teu blogue, mas deixa-me dizer-te no meio de alguns disparates bastante agradáveis tens alguns que me tiram do serio. Engraçado e ver-te a criticar a " idiotice tipicamente portuguesa" e acabas por ser o grande "idiota" ao faze-lo. Acredito que tenhas viajado alguma coisa, mas concerteza não o suficiente. Vamos parar de dizer que quem esta na fila 3 horas antes para entrar no avião e português, que quem inventa tudo o que não funciona e português. Para de dizer isto porque para alguns de nos o português "idiota" és tu "Eu não sou bom, eu não sou melhor, sou diferente..."

Talvez te venha aconselhar alguns países a conheceres para veres um mundo em que noos, os portugueses, temos uma das mentes mais sãs

Saudações e algum perdão por alguma força das palavras

F."

"Sou o f de Francisco também
:) Pa, não interessa quem eu sou porque não te quero dizer e também porque não somos só um. Devias ter alguma vergonha do quão ridículo és com o teu narcisismo arrogante e anão. Em relação a erros, estou aqui há tempo suficiente para saber que não és a melhor pessoa para falar de correcções"

1- Deve dar-se fama a quem a procura tão insistentemente.
2- Tenho mesmo pena que o nome Francisco esteja assim entregue.
3- Narcisista e arrogante não combinam mesmo nada comigo. Por isso tenho um blog, onde todos os comentários são aceites. Já anão, depende da perspectiva.
4- Erro e gralha vem no dicionário em locais diferentes porque podem ter significados diferentes.
5- Quem não gosta de mim, tem sempre bom remédio... Boa viagem...

segunda-feira, agosto 28, 2006

O nosso mundo...



Eu não tenho palavras para isto... A sério, mesmo que demore, vejam este vídeo! São estas pessoas que eu procuro para incluir nos meus escritos... Isto é Portugal sem tirar nem por...

Assim vai o mundo (português)...

O mundo tem cada coisa...

"Sabia-se que Hitler tinha um fraquinho pelas fardas. Hoje, temos a certeza: o «führer» era gay. é, pelo menos, o que afirma o fistoriador alemão Lothar Machtan numa obra intitulada Hitlers Geheimnis: das Doppelleben eines Diktators ( O segredo de Hitler: a vida dupla de um ditador) [inédito em português].
Ernst Röhm, chefe das SA [camisas castanhas, ala paramilitar do partido nazi], notoriamente homossexual, terá sido assassinado por ter tentado obter uma confissão de Hitler, ameaçando revelar a sua orientação sexual. Segundo Machtan, em 1915, o ditador fez de um dos seus companheiros de guerra a sua «prostituta». Parece que também tinha grandes arrebatamentos por Rudolph Hess [vice-presidente do partido], conhecido entre os nazis como «Emma, a negra»."

Eu bem me parecia que havia ali uns recalcamentos...

Assim vai o mundo...

domingo, agosto 27, 2006

O Mundo dos filmes...

A Academia dos Óscars faz normalmente umas asneiras... Uma delas foi em 2002 ter-se esquecido de nomear Baz Luhrmann como Melhor Realizador, pelo filme Moulin Rouge. É que aparte a bela Nicole e o surpreendentemente talentoso Ewan, este é um filme de realização... Para provar deixo aqui o Elephant Medley... Fantástico a tentativa de um homem em provar como o amor é tudo que basta...



"Elephant love medley"
Ewan Macgregor e Nicole Kidman

Ewan:
Love is a many splendored thing
Love lifts us up where we belong
All you need is love

Nicole:
Please don't start that again
Ewan:
All you need is love
Nicole:
A girl has got to eat
Ewan:
All you need is love
Nicole:
She'll end up on the street
Nicole:
Uhh
Ewan:
All you need is love
Nicole:
Love is just a game
Ewan:
I was made for loving you baby
You were made for loving me
Nicole:
The only way of loving me baby
Is to pay a lovely fee
Ewan:
Just one night
Give me just one night
Nicole:
There's no way
Cause you can't pay
Ewan:
In the name of love
One night in the name of love
Nicole:
You crazy fool
I won't give in to you
Ewan:
Don't leave me this way
I can't survive without your sweet love
Oh baby don't leave me this way
Nicole:
You think that people would have enough of silly love songs
Ewan:
I look around me and I see it isn't so, oh no
Nicole:
Some people wanna fill the world with silly love songs
Ewan:
Well what's wrong with that
I like to know
Cause here I go again
Ewan:
Love lifts us up where we belong
Where the eagles fly
On a mountain high
Nicole:
Love makes us act like we are fools
Throw our lives away
For one happy day
Ewan:
We can be heroes
Just for one day
Nicole:
You, you will be mean
Ewan:
No I won't
Nicole:
And I, I'll drink all the time
Ewan:
We should be lovers
Nicole:
We can't do that
Ewan:
We should be lovers
And that's a fact
Nicole:
No nothing would keep us together
Ewan:
We could steal time
Ewan & Nicole:
Just for one day
We can be heroes
Forever and ever
We can be heroes
Forever and ever
We can be heroes
Ewan:
Just because I, and I will always love you
Nicole:
I only can't help
Ewan & Nicole:
Loving You
Nicole:
How wonderful life is now
Ewan and Nicole:
You're in the world

Assim vai o mundo...

O mundo tem cada coisa...

"Masturbar-se regularmente ajuda a prevenir o cancro da próstata. Segundo um estudo realizado em 2358 australianos, os homens que ejaculam mais de cinco vezes por semana na juventude estão três vezes menos em risco do que os outros de vir a desenvolver este tipo de doença. A ejaculação frequente previne a acumulação de esperma nos canais da próstata onde o seu envelhecimento pode provocar a libertação de substâncias carcinogénicas. «Quanto mais se esvaziarem os canais, menos esperma estará estagnado», declarou o professor Graham Giles, do Cancer Council of Victoria, em Melbourne." in The New Scientist, Londres.

Eu bem me parecia que havia uma razão...

Assim vai o mundo...

sábado, agosto 26, 2006

O mundo dos ditados...

"Nunca se volta onde já se foi feliz..."

Ando a dar voltas a esta frase, sem saber o que achar dela! Se por um lado sou um saudosista, ou seja, gosto de recordar os lugares e vivências em que fui feliz, sou muito virado para o futuro, e de procurar novos poisos e experiências, pois só assim se evolui... Analisando de outra forma, gosto de ser do contra por isso, visito os sitios onde fui feliz, mas se sou do contra quer dizer também que posso não ter sido feliz ali...

Há dias em que devia ter a inteligência de um babuíno para os meus próprios pensamentos não darem nó...

Assim vai o mundo...

O Mundo no mundo...

Apeteceu-me escrever no Google "Francisco del Mundo"... Sendo que aparecem 18.300.000 resultados, parece-me positivo aparecer no primeiro, terceiro e quarto lugar...

Assim vai o mundo...

PS- Também tenho direito a um pouco de narcisismo...

Mundo privado...

Já não me lembrava de passar um dia sem postar, mas ontem nem liguei um pc... Voltarei ainda hoje com escritos...

Assim vai o mundo...

quinta-feira, agosto 24, 2006

Os sons do mundo...

Ele já merecia... Um vídeo de Sting, cujo verdadeiro nome é Gordon Summers! Escolhi este Englishman in New York porque representa a afirmação da individualidade... Já sabem "Be yourself no matter what they say..."



Sting
"Englishman in New York"

I dont take coffee I take tea my dear
I like my toast done on one side
And you can hear it in my accent when I talk
Im an englishman in new york

See me walking down fifth avenue
A walking cane here at my side
I take it everywhere I walk
Im an englishman in new york

Im an alien Im a legal alien
Im an englishman in new york
Im an alien Im a legal alien
Im an englishman in new york

If, manners maketh man as someone said
Then hes the hero of the day
It takes a man to suffer ignorance and smile
Be yourself no matter what they say

Im an alien Im a legal alien
Im an englishman in new york
Im an alien Im a legal alien
Im an englishman in new york

Modesty, propriety can lead to notoriety
You could end up as the only one
Gentleness, sobriety are rare in this society
At night a candles brighter than the sun

Takes more than combat gear to make a man
Takes more than a license for a gun
Confront your enemies, avoid them when you can
A gentleman will walk but never run

If, manners maketh man as someone said
Then hes the hero of the day
It takes a man to suffer ignorance and smile
Be yourself no matter what they say

Im an alien Im a legal alien
Im an englishman in new york
Im an alien Im a legal alien
Im an englishman in new york

Assim vai o mundo...

O mundo dos blogs...

O meu querido Jorge está de volta de umas merecidas férias. E pelos vistos com mais força que nunca! De tal forma que vem aí um novo livro... Aconselho a irem ao blog e até a ler os seus livros. Sabem que sou demasiado sincero para estar a aconselhar coisas más, por isso tenham a certeza que vale a pena...

Entretanto nos seus comentários descobri um belo Ponto que tenho a certeza que alguns de vocês vai gostar... A nossa Provedora é que me vai bater...

Assim vai o mundo...

Mundo privado...

Como só sabemos que somos bons marinheiros durante uma tempestade, só sabemos que amamos quando o mar está bravo...

Assim vai o mundo...

quarta-feira, agosto 23, 2006

O mundo tem cada coisa...

É sempre bom saber:

"Em caso de castração:
1- Contenha a hemorragia.
2- Coloque o pénis num recipiente cheio de água salgada.
3- Dirija-se o mais rapidamente possível ao hospital.

Conselhos do Tri Service General Hospital de Taipé, que atendeu seis casos de castrados em três meses." in Eastern Economic Review, Honk Kong

Assim vai o mundo...

terça-feira, agosto 22, 2006

O mundo tem cada coisa...

"Graças aos preservativos sem caseína, aprovados pela Vegan Society [no ano de 2000], os vegetarianos podem entregar-se, sem remorsos, aos prazeres da carne. Como é sabido, os vegetarianos recusam-se utilizar produtos de origem animal. Sem caseína significa sem proteínas de leite, isto é, sem ordenha. Logo, não se martiriza nenhuma vaca." in Utne Reader, Mineápolis.

Um preservativo para comer? Já tinha ouvido muitas estórias mas deglutir o profiláctico é a primeira...

Assim vai o mundo...

O Mundo privado...

Não escondo que Sting é o meu cantautor favorito! Não escondo que o tango argentino me seduz muito! Não escondo que adorei o Moulin Rouge! Não escondo que gosto muito das vozes de Ewan Macgregor, José Feliciano, Jacek Koman e Richard Roxburgh! Por tudo isto, tomem lá...



"El Tango de Roxanne"

Tango dancer:
Will drive you!
Will drive you!
Will drive you!
Mad!

Roxanne
You don't have to put on that red light
Walk the streets for money
You don't care if it's wrong or if it is right
Roxanne
You don't have to wear that dress tonight
Roxanne
You don't have to sell your body to the night

Christian:
His eyes upon your face
His hand upon your hand
His lips caress your skin
It's more than I can stand!

Christian:
Why does my heart cry?

Tango Dancer:
Roxanne!

Christian:
Feelings I can't fight!
You're free to leave me but
Just don't deceive me!
...And please believe me when I say
I love you!

Discours en espagnol

Tango dancer (Christian):
Roxanne! (Why does my heart cry?)
You don't have to put on that red light! (Feelings I can't fight!)
You don't have to wear that dress tonight
Roxanne!
You don't have to put on that red light
Roxanne!
You don't have to wear that dress tonight!
Roxanne!
Roxanne!
Roxanne!
Roxanne!

Aqui tem um bocadinho mais de mim...

Assim vai o mundo...

O mundo dos filmes...

Fui ver este Miami Vice, a ver o que tinha se tinha alguma coisa a ver com este Miami Vice... Não tem! Começando pelas paisagens, a Miami de agora tem muito pouco ou nada com Miami dos anos 80... Faltam os flamingos, a luz do sol, os mafiosos pintarolas... Agora é tudo escuro, tudo mais sofisticado, até os carros... Salva-se as imagens de Cuba, com os seus palacetes, carros antigos, cantores fabulosos e mojitos apetecíveis... No que toca aos actores, podia ser muito melhor! Colin Farrell já fez bons papéis, mas aqui falta-lhe a pinta original do Don Johnson. É que aquele cabelo e bigode faz-lhe mais parecer um chulo que um detective. E não convence enquanto playboy abatido que o Don Johnson fazia muito bem... Quanto a Jamie Foxx, está melhor que o parceiro, a personagem de Rico Tubbs ganha alguma força ( a mesma que Crockett perde), mas falta-lhe uma certa elegância que Philip Michael Thomas (não fez mais nada na vida, e agora está nas televendas) tinha por natureza... As cenas de acção são boas mas não trazem nada de especial! Gostei particularmente de duas coisas: da nossa Ana Cristina Oliveira a dizer que se chama Rita e que é de Lisboa (até que enfim que há personagens portugueses num filme norte-americano); e da banda sonora, sobretudo na sequencia de entrada com a música Numb que postei há uns dias e a Sinnerman (não a versão original da Nina Simone mas a versão do Felix da House Cat)....

Assim vai o mundo...

segunda-feira, agosto 21, 2006

O mundo tem cada coisa...

Inaugura-se aqui uma série de posts sobre curiosidades do mundo...

Reuters

JERUSALÉM - Os implantes de silicone nos seios de uma israelense salvaram sua vida quando ela foi ferida por um foguete disparado pelo Hezbollah, disse o porta-voz de um hospital nesta terça-feira.

Os médicos acharam estilhaços enfiados nos implantes de silicone, a apenas algumas polegadas do coração da mulher de 24 anos.

- Ela escapou da morte - disse um porta-voz do hospital de Nahariya, no norte de Israel.

A mulher já recebeu alta do hospital.

Assim vai o mundo...

domingo, agosto 20, 2006

Mundo das letras...

Assim num intervalo do Viver para contá-la do Gabo, li de rajada "A Poeira que cai sobre a Terra" do meu caríssimo homónimo e "Minto até ao dizer que minto" do José Luis Peixoto. No primeiro, está de volta o inspector Jaime Ramos em mais um caso policial no Norte. No segundo, e sendo que nunca tinha lido nada do autor, gostei do humor e da capacidade criativa da escrita... Recomendo, até porque só custam 3,90 euros, e eu adoro pechinchas...

Assim vai o mundo...

Mundo das letras...

A edição do Courrier Internacional da semana passada, trazia várias reportagens de escritores sobre cidades do mundo... Gostei da de Dublin, Kardamyli, Tijuana, Bombaim e Cabo Verde. Se ainda forem a tempo, leiam...
Já esta semana, o mesmo Courier traz noticias insólitas de todo o mundo. Ora, como eu adoro curiosidades,vou escrevendo aqui algumas ao longo dos dias...

Assim vai o mundo...

sábado, agosto 19, 2006

sexta-feira, agosto 18, 2006

Mundo privado...

E não é que me esqueci do que ia dizer... O alemão, vulgo Alhzeimer, está a atacar-me! Bem ja dizia o outro antes Ahlzeimer que Parkinson, porque é melhor esquecer de pagar a cerveja do que entorná-la....

Ah, já lembrei, o Miguel Esteves Cardoso está de volta aos blogs. E ja agora, vejam este blog que também gosto muito...

Assim vai o mundo...

quinta-feira, agosto 17, 2006

Os sons do Mundo

Já falei deles muitas vezes, como aqui, mas é sempre um prazer lembra-los... Neste caso relembro Rúben Gonzalez, que já deixou o mundo dos vivos. Ouçam o mais talentoso musicalmente dos membros do Buena Vista Social Club, na sua primeira visita a Inglaterra...



Assim vai o mundo...

O Mundo das letras

Texto de Millôr Fernandes... Aposto que há uma pessoa que vai adorar o tema...

Foda-se - por Millôr Fernandes
(adaptado)

O nível de stress de uma pessoa é inversamente proporcional à quantidade de "foda-se!" que ela diz.
Existe algo mais libertário do que o conceito do "foda-se!"?
O "foda-se!" aumenta a minha auto-estima, torna-me uma pessoa melhor.
Reorganiza as coisas. Liberta-me.

"Não quer sair comigo?! - então, foda-se!"
"Vai querer mesmo decidir essa merda sozinho(a)?! - então, foda-se!"

O direito ao "foda-se!" deveria estar assegurado na Constituição.

Os palavrões não nasceram por acaso. São recursos extremamente válidos e criativos para dotar o nosso vocabulário de expressões que traduzem com a maior fidelidade os nossos mais fortes e genuínos sentimentos. É o povo a fazer a sua língua. Como o Latim Vulgar, será esse Português Vulgar que vingará plenamente um dia.

"Comó caralho", por exemplo. Que expressão traduz melhor a ideia de muita quantidade que "comó caralho"?

"Comó caralho" tende para o infinito, é quase uma expressão matemática.

A Via Láctea tem estrelas comó caralho!
O Sol está quente comó caralho!
O universo é antigo comó caralho!
Eu gosto do meu clube comó caralho!
O gajo é parvo comó caralho!

Entendes?
No género do "comó caralho", mas, no caso, expressando a mais absoluta negação, está o famoso "nem que te fodas!".
Nem o "Não, não e não!" e tão pouco o nada eficaz e já sem nenhuma credibilidade "Não, nem pensar!" o substituem.
O "nem que te fodas!" é irretorquível e liquida o assunto.
Liberta-te, com a consciência tranquila, para outras actividades de maior interesse na tua vida.
Aquele filho pintelho de 17 anos atormenta-te pedindo o carro para ir surfar na praia? Não percas tempo nem paciência.
Solta logo um definitivo:
"Huguinho, presta atenção, filho querido, nem que te fodas!".
O impertinente aprende logo a lição e vai para o Centro Comercial encontrar-se com os amigos, sem qualquer problema, e tu fechas os olhos e voltas a curtir o CD (...)

Há outros palavrões igualmente clássicos.
Pense na sonoridade de um "Puta que pariu!", ou o seu correlativo "Pu-ta-que-o-pa-riu!", falado assim, cadenciadamente, sílaba por sílaba.
Diante de uma notícia irritante, qualquer "puta-que-o-pariu!", dito assim, põe-te outra vez nos eixos.
Os teus neurónios têm o devido tempo e clima para se reorganizarem e encontrarem a atitude que te permitirá dar um merecido troco ou livrares-te de maiores dores de cabeça.

E o que dizer do nosso famoso "vai levar no cu!"? E a sua maravilhosa e reforçadora derivação "vai levar no olho do cu!"?
Já imaginaste o bem que alguém faz a si próprio e aos seus quando, passado o limite do suportável, se dirige ao canalha de seu interlocutor e solta:
"Chega! Vai levar no olho do cu!"?
Pronto, tu retomaste as rédeas da tua vida, a tua auto-estima.
Desabotoas a camisa e sais à rua, vento batendo na face, olhar firme, cabeça erguida, um delicioso sorriso de vitória e renovado amor-íntimo nos lábios.

E seria tremendamente injusto não registar aqui a expressão de maior poder de definição do Português Vulgar: "Fodeu-se!". E a sua derivação, mais avassaladora ainda: "Já se fodeu!".
Conheces definição mais exacta, pungente e arrasadora para uma situação que atingiu o grau máximo imaginável de ameaçadora complicação?
Expressão, inclusivé, que uma vez proferida insere o seu autor num providencial contexto interior de alerta e auto-defesa. Algo assim como quando estás a sem documentos do carro, sem carta de condução e ouves uma sirene de polícia atrás de ti a mandar-te parar. O que dizes? "Já me fodi!"
Ou quando te apercebes que és de um país em que quase nada funciona, o desemprego não baixa, os impostos são altos, a saúde, a educação e … a justiça são de baixa qualidade, os empresários são de pouca qualidade e procuram o lucro fácil e em pouco tempo, as reformas têm que baixar, o tempo para a desejada reforma tem que aumentar … tu pensas “Já me fodi!”

Então:

Liberdade,
Igualdade,
Fraternidade
e
foda-se!!!

Mas não desespere:

Este país … ainda vai ser “um país do caralho!”

Atente no que lhe digo!

Assim vai o mundo...

quarta-feira, agosto 16, 2006

Mundo blogosférico...

Tenho uma dúvida blogosférica: quando alguém comenta um post meu, devo responder nesse post ou ir até ao blog da outra pessoa? É que se responder no meu, corro o risco de não ser lido, mas se for ao outro corro o risco de são ser contextualizado... Agosto faz-me pensar demais...

Assim vai o mundo...

Os sons do Mundo...

A pressão exercida pelos pais sobre os filhos tem tanto de benéfico como de maléfico... Tem de haver uma orientação mas nunca um directório. Até porque senão os filhos podem-se tornar apáticos, amorfos, adormecidos ("numb"). E cai-se no problema de cada coisa que se faz ser uma coisa errada!
É uma música mais pesada que o costume,mas tem de ser. Todos precisamos de ser acordados para a vida...



Linkin Park
"Numb"

I'm tired of being what you want me to be
Feeling so faithless lost under the surface
Don't know what you're expecting of me
Put under the pressure of walking in your shoes
(Caught in the undertow just caught in the undertow)
Every step that I take is another mistake to you
(Caught in the undertow just caught in the undertow)

[Chorus]
I've become so numb I can't feel you there
Become so tired so much more aware
I'm becoming this all I want to do
Is be more like me and be less like you

Can't you see that you're smothering me
Holding too tightly afraid to lose control
Cause everything that you thought I would be
Has fallen apart right in front of you
(Caught in the undertow just caught in the undertow)
Every step that I take is another mistake to you
(Caught in the undertow just caught in the undertow)
And every second I waste is more than I can take

[Chorus]
I've become so numb I can't feel you there
Become so tired so much more aware
I'm becoming this all I want to do
Is be more like me and be less like you

And I know
I may end up failing too
But I know
You were just like me with someone disappointed in you

[Chorus]
I've become so numb I can't feel you there
Become so tired so much more aware
I'm becoming this all I want to do
Is be more like me and be less like you

[Chorus]
I've become so numb I can't feel you there
I'm tired of being what you want me to be
I've become so numb I can't feel you there
I'm tired of being what you want me to be

terça-feira, agosto 15, 2006

Mundo Shakesperiano...

Eu disse que preferia Cutelo a Amuleto, na obra shakesperiana. Uma colega minha respondeu que quem desdémona quer comprar...

Provavelmente este é um dos diálogos mais absurdos de sempre...

Assim vai o mundo...

Mundo das películas...

Voando sobre um ninho de cucos é um filme genial... Quanto mais vezes o vejo, mas o acho óptimo... É Jack Nicholson no seu melhor... É o papel perfeito para ele! E o Óscar foi mais que merecido...

Assim vai o mundo...

O Mundo das letras...

Fantástico post, descoberto através do meu caríssimo homónimo, em que estão referidas as 100 melhores citações de entrada de diversos livros da literatura mundial...
É uma boa forma de descobrir o próximo livro a ler, ou de relembrar livros que já lemos. Já li muitos daqueles mas destaco dois:
- «Muitos anos depois, diante do pelotão de fuzilamento, o coronel Aureliano Buendía haveria de recordar aquela tarde remota em que o pai o levou a conhecer o gelo.» Gabriel García Márquez, Cem anos de Solidão

- «Nunca senti maior apreensão ao começar um romance.» W. Somerset Maugham, O Fio da Navalha

Assim vai o mundo...

segunda-feira, agosto 14, 2006

Mundo privado...

Trabalhar em Agosto tem o lado positivo que há pouco a fazer, mas por outro lado é uma seca completa....

Assim vai o mundo...

domingo, agosto 13, 2006

sábado, agosto 12, 2006

O Mundo privado...

Mas então, quase ninguém comenta Cuba????

Assim vai o mundo...

sexta-feira, agosto 11, 2006

Visão do Mundo II...

Gostei bastante dos artigos na Visão sobre Cuba e Fidel. Um mais neutro de Tomas Eloy Martinez, e outro subtilmente mais crítico de Miguel Carvalho.
Fidel não é melhor nem pior que Bush. É diferente!
Foi visto pelos cubanos como um salvador, aquando da queda do regime de Batista, mas poi perdendo o apoio ao longo das décadas. Bush surgiu como um guia após o 11 de Setembro, mas foi sempre muito criticado...

No que toca a Fidel, ninguém pode estar tanto tempo no poder e não cometer asneiras. A eliminação de eleições livres é um atentado à democracia. Mas, pergunto-me qual será a percentagem de cubanos que apoiaria "El Comandante" num sufrágio. E pergunto-me também se uma democracia em que ganha o candidato com menos votos que o adversário (Bush vs Gore), se pode considerar superiora às outras...

Fidel acabou com a liberdade de expressão! Correcto. Está errado? Óbvio. É condenável? Certamente. Mas pergunto-me se basear uma guerrra (Iraque) em relatórios mentirosos e pressupostos errados (existência de armas de destruição maciça) náo é igualmente condenável. É que se a "expressão" é mentirosa, a sua liberdade está questionada...

Há pobreza em Cuba! Alguma, muita, demasiada. Mas também há noutros países com muito mais recursos primários...

Cuba tem a maior taxa de suícidios da América Latina! Pois, mas ninguém questiona o facto do Canadá ou Suécia terem as mais altas do mundo...

Fidel é um ditador! É, porque se fechou numa caixa e poucos se atrevem a aconselha-lo. Mas a teimosia ideológica dele põe o seu povo em desgraça, enquanto que outras teimosias põe em desgraça o povo dos outros (afegãos, iraquianos, vietnamitas, chilenos)...

Cuba cresceria sem o bloqueio americano económico dos EUA! MAs perderia o encanto...

Se me convidassem a viver em Nova York, iria de bom grado, sem nunca perder a minha visão crítica das faltas de democracia. Se me convidassem para viver em Havana, iria de bom grado, dando largas ao meu centrismo não esquerdista.

É que Cuba não é melhor nem pior que os EUA! É diferente...

Assim vai o mundo...

Visão do mundo I...

Notícia lida na Visão de ontem:
«Estávamos a beber uns whiskies e surgiu a ideia de violar uma mulher e matar a sua família.»
Steve Green, ex-militar americano disse isto, quando confrontado com a acusação do crime de violação (de uma rapariga de 14 anos) e homícidio (da própria, da irmã de 6 anos e dos pais), um localidade perto de Bagdad.
Nunca fui a favor desta guerra, mas assim cada vez menos. Pessoas destas não podem estar nas forças militares de um país e muito menos num cenário de guerra. É que não é caso único! Abu Ghraib ainda está na memória...

Assim vai o mundo...

O Riso do Mundo...

DOIS PROCEDIMENTOS SE CHEGAR A CASA BÊBADO:

Procedimento errado:

tirar os sapatos antes de entrar;
subir a escada sem fazer barulho;
tirar a roupa na casa de banho;
entrar no quarto bem devagarinho.
Resultado: a tua mulher, espera-te acordada, e dá-te cabo do juízo!!



Procedimento certo:

chegar de carro com os pneus a chiarem, e com uma travagem escandalosa;
bater a porta do carro violentamente;
subir a escada a fazer barulho com os pés e a dar murros no corrimão;
tirar a roupa e os sapatos e atirar tudo contra a porta do armário;
pular na cama e dizer: “Amor, hoje eu quero o cuzinho!!!”
Resultado: ela finge que está dormindo…

Obrigado...:)

Assim vai o mundo...

quinta-feira, agosto 10, 2006

Mundo cibernético...

Tenho a sensação de ter descoberto uma bela página...

Assim vai o mundo...

Filmes do Mundo...

Há actores que não precisam de papéis extensos para mostrar a sua classe interpretativa. É o caso de Paul Newman nas Palavras que Nunca Te Direi. O livro é melhor que o filme, mas no caso de Dodge Blake (pai de Garrett) é completamente o contrário...

Assim vai o mundo

quarta-feira, agosto 09, 2006

Sons do Mundo...



Esta música põe-me sempre com um sorriso enorme na cara... Está numa pasta muito especial que se chama simplesmente "Nós"... O video é mesmo antigo mas esta letra, meus amigos... No matter how they toss the dice... Fabulosa...

"Happy Together"
The Turtles

Imagine me and you, I do
I think about you day and night, it's only right
To think about the girl you love and hold her tight
So happy together

If I should call you up, invest a dime
And you say you belong to me and ease my mind
Imagine how the world could be, so very fine
So happy together

I can't see me lovin' nobody but you
For all my life
When you're with me, baby the skies'll be blue
For all my life

Me and you and you and me
No matter how they toss the dice, it has to be
The only one for me is you, and you for me
So happy together

I can't see me lovin' nobody but you
For all my life
When you're with me, baby the skies'll be blue
For all my life

Me and you and you and me
No matter how they toss the dice, it has to be
The only one for me is you, and you for me
So happy together

Ba-ba-ba-ba ba-ba-ba-ba ba-ba-ba ba-ba-ba-ba
Ba-ba-ba-ba ba-ba-ba-ba ba-ba-ba ba-ba-ba-ba

Me and you and you and me
No matter how they toss the dice, it has to be
The only one for me is you, and you for me
So happy together

So happy together
How is the weather
So happy together
We're happy together
So happy together
Happy together
So happy together
So happy together (ba-ba-ba-ba ba-ba-ba-ba)

Assim vai o mundo...

As letras do Mundo...

Acabei ontem o Novos Contos da Montanha de Miguel Torga. Tal como na escrita de Fernando Namora, gosto das personagens pitorescas deste nosso Portugal. As alcunhas, as terras, as estórias... Fantástico!

Segue-se mais uma auto-biografia. Desta vez Viver para contá-la do meu querido Gabo...

Assim vai o mundo...

Os sons do Mundo...



Devo dizer que foram anos à procura, mas finalmente encontrei o pior video de música de sempre... E quem melhor que o nosso "Mitch Buchanan" para cantar esta bela, note-se a ironia, música...

Assim vai o mundo...

terça-feira, agosto 08, 2006

Mundo dos blogs..

O compadre Peciscas antes de ir de férias deixou-me aqui um vício tramado... Vão lá e tentem...

Assim vai o mundo...

PS- Só para que conste o meu record é 1 peça...

Números do mundo...

Hoje vi uma estatística que me surpreendeu... Em média, em Portugal, para cada 100 jovens, há 109 idosos. Mas nos Açores para cada 100 jovens, só há 63 idosos. Sinceramente, pensei que fosse uma região envelhecida, mas pelos vistos não... É um ponto a favor...

Assim vai o mundo...

segunda-feira, agosto 07, 2006

O mundo dos blogs...

Esta notícia dá conta de um atentado a uma das coisas mais belas do mundo: a bunda brasileira....

Assim vai o mundo...

Os sons do Mundo...

Uma bela menina falou-me de Fela Kuti... Eu ouvi e gostei muito! Aconselho...

Assim vai o mundo...

domingo, agosto 06, 2006

O riso do Mundo...

Hoje fiz um quiz sobre sexualidade e definiu-me como:
"Libertino
Libertino como Herman José ou Marcello Mastroianni, poderia ser o protagonista de um filme de Joseph Losey. Para si, o prazer é tão importante como a felicidade, pois encara o amor como uma das belas-artes. As suas paixões conduzem ao drama e são salvas pelo humor. Voraz e sedutor, delicadamente sádico, é sobretudo bom a revelar ao parceiro as suas pulsões mais secretas e recalcadas."

Não podia ser mais certo...

Assim vai o mundo...

O Mundo privado..



Vi hoje o filme The break up e gostei! Sobretudo do fim... Faz pensar que uma pausa não é um stop...
Cada vez acredito mais que não existe o amor da nossa vida. Somos capazes de amar com a mesma força diferentes pessoas! Agora o que pode existir é a/o mulher/homem da nossa vida. Aquela pessoa que faz o coração sorrir com mais força... Pode nem gostar das mesmas coisas que nós, pode até ser completamente diferente, mas é aquela que sabemos ocupar sempre o quarto maior no coração... Acho que agora consigo ver melhor...

"I can see clearly"
Johnny Nash

I can see clearly now, the rain is gone,
I can see all obstacles in my way
Gone are the dark clouds that had me blind
It’s gonna be a bright (bright), bright (bright)
Sun-Shiny day.

I think I can make it now, the pain is gone
All of the bad feelings have disappeared
Here is the rainbow I’ve been prayin?for
It’s gonna be a bright (bright), bright (bright)
Sun-Shiny day.

Look all around, there’s nothin?but blue skies
Look straight ahead, nothin?but blue skies

I can see clearly now, the rain is gone,
I can see all obstacles in my way
Gone are the dark clouds that had me blind
It’s gonna be a bright (bright), bright (bright)
Sun-Shiny day.

Assim vai o mundo...

O mundo Bondage...



Mais um episódio da saga...

Assim vai o mundo...

sábado, agosto 05, 2006

O Mundo privado...

Que soneira.. Já vão uns tempos em que saí a última vez até o sol raiar...

Assim vai o mundo...

sexta-feira, agosto 04, 2006

Mundo dos blogs...

A primeira proposta é um belo blog, construido muito simplesmente mas com belos textos...
A segunda proposta são eles, ou ele para já, que estão de volta...

Assim vai o mundo...

O Mundo privado...

O sorriso anda escondido, os olhos andam tristes, mas o talento continua cá... Que bom ver as páginas do Moleskine encherem-se de letras...

Assim vai o mundo...

Desafio ao Mundo...

Sabem aquela fórmula de só sermos realizados, quando:
  • Plantamos uma árvore
  • Escrevemos um livro
  • Temos um filho

Pois bem, tenho a sensação que sei qual vai ser a minha ordem! Querem arriscar palpites?

Assim vai o mundo...

Mundo desportivo...

A.S.- Este é um post que poucos podem achar piada, mas serve como exercício de escrita...

O mais belo golo que marquei...

Já marquei muitos golos na minha vida! De cabeça, de moinho, de pé esquerdo, de bicicleta, de primeira, de longe, a entrar no sítio a coruja dorme (vulgo, ângulo superior da baliza)... Mas o mais bonito de todos foi um chapéu!
Era um fim de tarde, num campo de cimento em frente ao meu prédio. Estava a jogar a avançado, e, como havia jogadores a mais, era a minha vez de sair... Decidi receber uma última bola. O passe foi longo, com força, por isso deixei a bola só bater no pé para o meu lado esquerdo. Estava de costas para a baliza mas senti, enquanto rodava, que o guarda-redes, felino, saia da baliza. Só teria tempo para um toque! A bola saltava ligeiramente à entrada da área, descaída para a direita (visto de frente para a baliza). Arrisquei um toque suave por baixo da bola, ainda meio de lado. Depois do toque, os meus olhos encararam o guarda-redes. Pensei que estivesse numa posição baixa, mas estava de pé, a saltar com o braço esticado! O meu pé foi mais esperto que a minha cabeça, e o pontapé tinha previsto esta hipótese. A bola passou acima da mão direita poucos centímetros. Parece que tudo parou... O guarda-redes estava passado, a força do toque era perfeita, mas faltava o pormenor da altura. Um pouco alto demais e estava tudo perdido... Mas não! Eu e mais uma dezena de pessoas vimos o arco perfeito beijar a barra e entrar directa na baliza. Virei-me e corri para sair do campo. Os outros ainda estavam calados. Decidi não entrar mais, para recordar aquele momento para sempre...

Assim vai o Mundo...

quinta-feira, agosto 03, 2006

O sorriso do Mundo..



As melhores lições são-nos dadas pelas crianças... Um anúncio surpreendente..,

Assim vai o mundo...

quarta-feira, agosto 02, 2006

As letras do Mundo...

Gosto de ler. Não, é pouco! Adoro ler! Tanto como escrever. Porque as letras dos outros são as mesmas que as minhas, apenas ordenadas de outra maneira...
Arrepia-me ouvir alguém a dizer que não gosta de ler. Um sacrilégio tão grande como não gostar de respirar. Bem, seja como for, leio o mais possível, mas em tempo de férias, abuso, exagero, excedo...
Acabei ontem de ler a Praia Roubada de Joanne Harris. Já tinha lido dela o Chocolate, Cinco quartos de Laranja e Vinho Mágico. Digamos que é a minha escritora "light". Não obriga a pensar muito, fala de lugares pitorescos e remotos (neste caso, Les Sallants) e descreve sensações (gustativas, olfactivas, auditivas e afectivas). Peço desculpa por não ler Margarida Rebelo Pinto, mas para "light", já tenho a Joanne.

Antes desse, tinha lido dois livros pequeninos de uma penada, aproveitando o preço da chuva de 1,50 euros de cada um.
Assim, o Caderno Vermelho do Paul Auster foi uma agradabilíssima surpresa. São umas 70 páginas com estórias estranhas que o autor foi apontando no seu caderno vermelho. Foram episódios pré-fama mundial, o que lhes confere um realismo mais tangível. É o meu tipo de livros: pequeno, fácil, com estórias quotidianas e um certo toque de absurdo.
Já o segundo livro, foi a minha iniciação a Camilo José Cela, Prémio Nobel em 1989. O título é Onze Contos de Futebol!É um tema que me devia prender a atenção, mas confesso que em poucos momentos me entusiasmou. São pequenos contos com personagens estranhas, caricaturais, mas que só a espaços me fizeram rir. Darei, a seu tempo, uma segunda oportunidade ao Senhor Camilo.

Antes destes três livros, aquele que me fez inverter a ordem cronológica desta explanação! Li o maravilhoso Confesso que vivi de Pablo Neruda. Devo dizer que nunca li um verso que fosse do poeta chileno (talvez porque só nos últimos anos começasse a gostar de poesia), mas atirei-me à autobiografia. "Confesso que vivi" é um testemunho na primeira pessoa de um poeta sul-americano, mas sobretudo chileno. A influência desse país único (tão vísivel em Mestre Sepúlveda), nota-se ao longo da vida do autor. Foi consul diplomático por todo o mundo. Foi amado e odiado por compatriotas e estrangeiros. Ajudou Allende a construir a mais bela e éfemera democracia da História Mundial. Amou e voltou a amar. Escreveu e voltou a escrever. Lutou e desiludiu-se nos seus ideais. A biografia não é elogiosa nem crítica. Aliás, ele apaga-se enquanto personagem. Como se a vida, e não ele, fosse o protagonista.
Pois bem, se foi com Sepúlveda que encontrei o meu estilo de escrita, foi com Neruda, que descobri como fazer o relato da minha vida. No dia em que fizer 25 anos, terei a primeira parte da minha vida descrita...

Agora segue-se Os novos contos da Montanha de Torga...

Assim vai o mundo...

Desafio ao Mundo...

Não vi o filme, mas é sem dúvida o melhor título cinematográfico que já vi: "De tanto bater meu coração parou" ( De battre mon coeur s'est arrêté).
Estou à espera de mais sugestões...

Assim vai o mundo...

O Mundo privado...

Bom saber que numa última noite, os belos momentos quentes (eu e a dupla adjectivação) voltaram...

Assim foi o Mundo...

terça-feira, agosto 01, 2006

Carlos Afonso



Carlos Afonso, mais conhecido como Bondage, é um jovem português que tem muita piada. Na linha de talento de Pedro Tochas, Ricardo Araújo Pereira, Bruno Nogueira, ele realiza um tipo de humor pouco explorado em Portugal. Ele percorre as ruas de Lisboa, e com uma camera de filmar, promove situações estranhas de modo a captar as reacções das pessoas! É verdade que se pode considerar algumas coisas parvas, mas ao fim e ao cabo, descobrimos é que o povo português tem um sentido de humor enorme e permite coisas inennarráveis quando em frente a uma camera. Digo-vos mais, ainda hei-de fazer alguma coisa em televisão com este rapaz... Escrevam isto...

Assim vai o mundo...