sexta-feira, dezembro 30, 2005

O mais belo post que escrevi...

Tenho a impressão que o post anterior foi dos melhores que postei... Não pela qualidade ou forma do texto, mas porque referi por quem tenho muito apreço neste mundo em que entrei neste ano que finda...

Assim vai o mundo... e obrigado a todos...

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Tributo aos meus blogs favoritos...

Páro para comer qualquer coisa nesta confraria, e dou um saltinho até esta bela cidade... Quando não está em viagem, cumprimento o meu caríssimo homónimo e vejo que livros ele me manda ler! Outras vezes, deixo-me levar ao sabor do vento e bebo umas caipirinhas! Sabem, é que eu gosto das coisas simples da vida...
Certos dias gosto de saber o que o Alexandre tem para me contar, ou divirto-me a ouvir o que a diva toca no seu contrabaixo ou o que escreve a encandescente. Quem costuma vir ao meu mundo, é a voz oblíqua da Wakewinha e loucamente saudável Luna (que agora até tem nova casa)!
Quando quero um pouco de poesia, agarro em morangos e chocolate e começo a ler o que escreve a menina marota, ou a VCR... Tudo pessoas que fizeram boa figura em concursos!
Há dias em que ouço umas palavrinhas, mesmo com a nortada da Póvoa a zumbir nos meus ouvidos... O companheiro Peciscas põe-me a trabalhar na sua campanha, mas eu perco-me nesta rua ou a ver quem de nós precisa... Outras vezes, gosto simplesmente de ser plagiado!!!

Prometo que falarei aqui de outros...

Assim vai o (meu) mundo...

terça-feira, dezembro 27, 2005

Calinadas dos alunos universitários...

Oral da cadeira de Anatomia do curso de medicina.
Prof: 'Descreva o figado.'
Aluno: 'Os figados...'
Prof: 'Os figados??!! Quantos são?'
Aluno: 'Dois. Direito e esquerdo!'

****************************************
Oral da cadeira de psicologia do curso de medicina:
- 'Onde se localiza o centro de inteligência...?(área do cortex cerebral)
- 'Nos Estados Unidos da America.

****************************************
Curso de Segurança Social, uma universidade privada lisboeta.
- Diga-me lá porque é que a taxa de natalidade é
menor nos países desenvolvidos.
- Porque se trabalha mais do que nos países
subdesenvolvidos.
- Ai sim?
- E tem-se menos tempo.
- Menos tempo para quê?
- (o aluno, hesitante e já embaraçado) Menos tempo
para fazer amor.

****************************************
Introdução ao Estudo do Direito, Faculdade de
Direito de Coimbra, Junho.
Primeira pergunta do exame.
- Pegue no Código Civil e leia o artigo 32.
- O Código Civil?
- Sim, o Código Civil.
- Bem, Sr. professor, isso é que ainda não tive
oportunidade de comprar.

****************************************
Universidade privada, em Lisboa. Exame oral de
Processo Civil, 3º ano.
- Descreva-me a constituição de um tribunal
colectivo.
- Bom, senhor professor, há o juiz presidente e os
juizes presidentes das comarcas 'limitrófs'.
(o professor, impassível)
- acaba de fazer o seu exame de russo. No de
português, chumbou.

****************************************
Faculdade de Direito de Lisboa. É procedimento
habitual nas faculdades de
Direito o professor terminar a exposição de casos
práticos nas provas orais
com a expressão 'quid juris?' ('o que é de
direito?').

Em anos consecutivos de prestação de provas orais
com o mesmo professor,
uma aluna respondia ao 'quid juris' do examinador
com um misterioso
'obrigado'.
Ao 3º ano do curso, questionada, pelo cada vez mais
estupefacto examinador,
a aluna respondeu que julgava que a expressão em
latim significava um
amistoso 'boa sorte'.

****************************************
Exame numa universidade privada, em Lisboa.
- Dê-me um exemplo de um mito religioso.
- Um mito religioso? Sancho Pança.
(estupefacto, o professor pede ao aluno para este
escrever o que acabou de
dizer. O aluno escreve no papel: 'S. Xupanssa').

****************************************
Numa oral de Relações Internacionais o professor
pergunta ao aluno onde é
que ficam os Estados Balcânicos. Resposta pronta do
aluno:
No Báltico.

****************************************
Prova oral da cadeira de Direito Constitucional, uma
universidade privada de Lisboa:
- O que aconteceu no 25 de Abril foi o início do
regime autoritário
salazarista. Mas quem subiu ao poder foi o
presidente do então PSD, Álvaro
Cunhal, que viria a falecer em circunstâncias
misteriosas no acidente de
Camarate.

****************************************
- Quais são as batalhas mais importantes da história
portuguesa?
- Antes de mais, senhor doutor, a batalha de Alves
Barrota.
- O exame terminou aqui.

****************************************
Um instituto superior da capital. 1º ano de Relações
Internacionais. A
cadeira é Ciência Política. O professor é um
distinto deputado à Assembleia
a República. A aluna, com rara convicção, explica ao
examinador tudo o que
se passou no 25 de Abril de 1974:
'A revolução de 74 significou a queda de um regime
militar dominado pelo
almirante Américo Tomás e pelo marechal Marcelo
Caetano, que governava o
país depois de deposto o último rei de Portugal,
Oliveira Salazar. O 25 de
Abril foi uma guerra entre dois marechais: o
marechal Spínola e o marechal
Caetano'. Obviamente, chumbou.

****************************************
Outra versão, ainda mais criativa, desta vez numa
universidade privada de
Lisboa, no 3ºano de Relações Internacionais.
- Descreva-me brevemente o que foi o 25 de Abril de
1974.
- Foi um golpe levado a cabo pelos militares,
liderados por Salazar, contra
Marcelino Caetano.
(O professor, já disposto a divertir-se)
- E como enquadra o processo de descolonização nesse
contexto?
- Bem, a guerra em África acabou quando Sá Carneiro,
que entretanto subiu
ao poder, assinou a paz com os líderes negros
moderados. Foi por causa disso
que ele e esses líderes morreram todos em Camarate.
- Já agora, pode dizer-me quem era o presidente da
República Portuguesa
antes de 1974?
- Samora Machel.
Conta quem assistiu à oral que o professor quase
agrediu a aluna.

****************************************
Numa prova oral de Direito Constitucional, o
examinador pergunta ao aluno:
- Quem substitui o presidente Jorge Sampaio em caso
de impossibilidade
temporária deste?
- A mulher dele, a Maria José Ritta.

****************************************
Uma universidade privada em Lisboa, 1997. A
correcção manda que se diga que
'as leis são emanadas Discorrendo sobre o processo
legislativo, um aluno
responde que 'as leis vêm em manadas da Assembleia
da República'.

****************************************
- Quem foi o grande impulsionador do nazismo?
- (o aluno, rápido e incisivo) O Fura João Hitler.
- O 'Fura'.
- Sim. É a designação hierárquica de Hitler.

****************************************
Numa outra oral. Cadeira de História das Ideias
Políticas e Sociais.
- Qual é a obra de fundo de Adolfo Hitler?
- É a Bíblia alemã.

****************************************
- Pode dizer-me o que é um genocídio?
- É a morte dos genes.
- Como...?!!!
- É a morte dos genes e dos fetos.

Assim vai..Portugal...

Ricardo Araújo Pereira

RAP tem uma inteligência tranquila. RAP tem uma timidez desarmante. RAP tem um humor fino. RAP tem um discurso pensado. RAP tem uma humildade inquietante. RAP fez com que eu abandonasse a vontade de ver um filme de Anthony Hopkins. RAP fez com que Ana Sousa Dias dissesse piadas. RAP dá gosto ouvir. RAP é grande mas irá ser maior...

Assim vai o mundo...

segunda-feira, dezembro 26, 2005

Um teaser...

Tenho uma pergunta para os fãs do Senhor dos Anéis: Onde é que o Legolas vai buscar tantas setas quando está nos combates?

Já que estou numa de cinema, vejam o filme que dá hoje na RTP1 com o Anthony Hopkins... Ou então a entrevista do Ricardo Araújo Pereira na 2:! Pareço a TV Guia...

Assim vai o mundo...

sábado, dezembro 24, 2005

Boas festas...

Podia fazer um post elaborado, mas acho que esta é uma época para lembrar as coisas simples da vida... Assim bom Natal e óptimas entradas no Novo Ano...

Assim tem de ir o Mundo...

A minha escrita..

Aproveitando mais um teste sugerido pela divertida Wakewinha, descobri que a maneira como escrevo revela muito de mim...
Este teste indica o seguinte:
A inclinação de sua letra mostra que você é uma pessoa bastante extrovertida, tem facilidade de se relaciona com as pessoas, mas, às vezes, acaba invadindo a intimidade alheia. A ligação de sua letra revela organização, raciocínio lógico e razoável capacidade de adaptação. A direção de sua letra indica controle, constância e organização, especialmente nas tarefas cotidianas. A pressão que usa ao escrever sinaliza estabilidade e equilíbrio. As áreas valorizadas na sua escrita destacam idealismo, erudição, preocupação com seu crescimento interior. A forma de sua letra demonstra conservadorismo, formalidade e uma certa frieza em seus relacionamentos sociais. Tende a esconder sentimentos.
Ora bem, devo dizer que certas coisas estão certas, outras nem por isso, mas não deixa de ser engraçado que realmente a nossa caligrafia, diz algo sobre a nossa personalidade...

Assim vai o (meu) mundo...

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Lembrem-me...

Por favor, lembrem-me de nunca discutir religião com um radical, política com um extremista e futebol com um Vitoriano...

Assim vai o mundo...

quinta-feira, dezembro 22, 2005

Uma pergunta...

As pessoas que são completamente carecas, usam champõ ou gel de banho na cabeça?

Assim vai o mundo...

terça-feira, dezembro 20, 2005

Frases retiradas de revistas femininas da década de 50 / 60

* Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas.
(Jornal das Moças, 1957)

* Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afecto.
(Revista Claudia, 1962)

* A desarrumação numa casa-de-banho desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa.
(Jornal das Moças, 1965)

* A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas. Nada de
incomodá-lo com serviços domésticos.
(Jornal das Moças, 1959)

* Se o seu marido fuma, não arranje zanga pelo simples facto de cair
cinzas nos tapetes. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa.
(Jornal das Moças, 1957)

* A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar a
uma mulher que não tenha resistido a experiências pré-núpciais, mostrando que
era perfeita e única, exactamente como ele a idealizara.
(Revista Claudia, 1962)

* Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva,
na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu.
(Revista Querida, 1954)

* O noivado longo é um perigo.
(Revista Querida, 1953)

* É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido.
(Jornal das Moças, 1957)

E para finalizar, a mais de todas:

* O LUGAR DA MULHER É NO LAR. O TRABALHO FORA DE CASA MASCULINIZA.
(Revista Querida, 1955)

A CONCLUSÃO A QUE TODOS OS HOMENS CHEGAM:
Já não se fazem mais revistas didácticas e carregadas de moral e amor como antigamente... (obviamente esta não é a minha opinião)

Assim ia o mundo...

Filosofias...

Mais um mail:

Um professor universitário desafiou seus alunos com esta pergunta:

"Deus criou tudo o que existe?"

Um aluno respondeu valentemente:

"Sim, Ele fez"

"Deus criou tudo?", perguntou novamente o professor

"Sim senhor", respondeu o jovem

O professor respondeu:

"Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal, pois o mal existe, e
partindo
do
preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus
é
mau"

O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se
regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era um mito

Outro estudante levantou a mão e disse:

"Posso fazer uma pregunta, professor?"

"Lógico", foi a resposta do professor.

O jovem ficou de pé e perguntou: "professor, existe o frio?"

"Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca
sentiu
frio?"

O rapaz respondeu:

"De fato, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que
consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou
objeto
é suscetível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o
que
faz com que este corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a
ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes,
incapazes
de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para
descrever

como nos sentimos se não temos calor"

"E, existe a escuridão?" Continuou o estudante.

O professor respondeu: "Existe."

O estudante respondeu:

"Novamente comete um erro, senhor, a escuridão também não existe. A
escuridão na realidade é a ausência de luz.

A luz pode-se estudar,a escuridão não, até existe o prisma de Nichols
para
decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas
diferentes longitudes de ondas. A escuridão não. Um simples raio de
luz
atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz.
Como

pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na
quantidade
de
luz presente nesse espaço, não é assim? Escuridão é uma definição que
o
homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz
presente"


Finalmente, o jovem perguntou ao professor:

"Senhor, o mal existe?"

O professor respondeu: "Claro que sim, lógico que existe, como disse
desde
o
começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas
são
do mal."

Ao que o estudante respondeu: "O mal não existe, senhor, pelo menos
não
existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência de Deus, é o
mesmo
dos
casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para
descrever
essa ausência de Deus.

Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como
existem o calor e a luz. O mal é o resultado da humanidade não ter
Deus
presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há
calor,
ou a escuridão quando não há luz."

Então o professor, depois de balançar a cabeça, ficou calado

O nome do jovem era...

ALBERT EINSTEIN.

Assim vai o mundo...

segunda-feira, dezembro 19, 2005

Gostei deste resultado...

Your Inner Child Is Surprised

You see many things through the eyes of a child.
Meaning, you're rarely cynical or jaded.
You cherish all of the details in life.
Easily fascinated, you enjoy experiencing new things.

domingo, dezembro 18, 2005

Esqueci-me mas vou a tempo

Fez na sexta 32 anos que morreu este senhor...

Assim vai o mundo...

Ta mais ou menos certo...

What Your Sleeping Position Says

You have a passion for everything - including sleeping.
Outgoing and brash, you tend to still shock those who know you well.
You tend to be selfish. You are the most likely type to hog the covers.
You gravitate toward comfort and don't like extreme situations.


Assim vai o(meu)mundo...

sábado, dezembro 17, 2005

Aniversario=Greve

Hoje faço anos, e por isso não escrevo...

Muito obrigado por me lerem...

Abraços e beijos a todos

quinta-feira, dezembro 15, 2005

Mais um teste que acerta em algumas coisas

The Keys to Your Heart

You are attracted to those who are unbridled, untrammeled, and free.

In love, you feel the most alive when your lover is creative and never lets you feel bored.

You'd like to your lover to think you are stylish and alluring.

You would be forced to break up with someone who was insecure and in constant need of reassurance.

Your ideal relationship is lasting. You want a relationship that looks to the future... one you can grow with.

Your risk of cheating is zero. You care about society and morality. You would never break a commitment.

You think of marriage something you've always wanted... though you haven't really thought about it.

In this moment, you think of love as something you can get or discard anytime. You're feeling self centered.

Do you remember...

Este Jacaré faz lembrar este maluco ...

Assim vai o mundo

quarta-feira, dezembro 14, 2005

Este quiz acertou na mouche...

You Should Learn French

C'est super! You appreciate the finer things in life... wine, art, cheese, love affairs.
You are definitely a Parisian at heart. You just need your tongue to catch up...


Por acaso, era mesmo esta que eu devia aprender... Mas em dois dias...

Assim vai o mundo...

segunda-feira, dezembro 12, 2005

Que imagem...

 


Recebi esta imagem hoje e fiquei siderado...

Assim vai o mundo... Posted by Picasa

O Português é lixado..com F

Depois de ficar sem dinheiro, um homem sai do Casino Estoril às três da
manhã, e vai para a praça de táxis.
- Boa noite. Olhe, tenho um problema: preciso que me leve a Lisboa. Não
tenho aqui nenhum dinheiro comigo, mas se me levar a casa, moro num
primeiro andar subo para ir buscar o dinheiro da corrida e pago-lhe.
- Nã, essa história não me cheira, já fui escaldado várias vezes.
Respondeu o taxista.
- Faça-me lá esse favor. È que já é tão tarde e eu tenho que ir para
casa.
- Nã, nã, nã... não o levo. Vá mas é andando. Finalmente, o homem chegou
a Lisboa como pôde. Cerca de um mês depois volta ao Casino e a sorte
sorri-lhe ganhando uma pequena fortuna. Sai do Casino novamente por
volta das quatro da manhã para apanhar um táxi e ao reparar que na praça
de táxis, onde havia cerca de uns vinte táxis, o último táxi era o do
outro dia, pensa para si mesmo:
- Espera aí meu grande filho da p*** , hoje é que te vou f****. Vai ter
com o primeiro taxista:
- Olá, boa noite. Dou-lhe 200 euros se me levar a Lisboa, mas com uma
condição.
- Claro que sim, seja qual for a condição aceita o taxista.
- Quando chegarmos a Lisboa tem de me chupar a gaita.
- Ó seu sacana, vá mas é chatear outro.
O segundo taxista:
- Olá, boa noite. Dou-lhe 200 euros se me levar a Lisboa, mas com uma
condição.
- Pois não. O que é que tenho que fazer?
- Quando chegarmos a Lisboa tem de me chupar a gaita.
- Ponha-se mas é a andar antes que eu lhe parta as trombas. Assim,
correu toda a fila de taxis até que chegou ao último, e lhe disse:
- Olhe, dou-lhe 200 euros se me levar a Lisboa, mas com uma condição.
- Claro, diga lá qual é a condição respondeu o taxista.
- Quando passar por todos os outros taxistas da fila, levante os braços
e grite animado:
- Vou para Lisboa, vou para Lisboa!


Assim vai o mundo..

domingo, dezembro 11, 2005

Mais um blog...

Hoje descobri o blog da Mushu... Gostei, e da ajuda também...

Assim vai o mundo...

Duas piadas stand up rapidinhas...

Vi ontem um stand-up comediant a dizer estas duas pérolas:
-Vi um marcador de livros por 5 euros... Decidi usar a nota para marcar o livro...
-Gosto de estar atrás de alguém numa fila do multibanco e mal ela digite o código, gritar "Apanhei" e começar a correr...

Confesso que ri bastante...

Assim vai o mundo...

Ai se eu tivesse olhos verdes...

Your Eyes Should Be Green
Your eyes reflect: Striking attractiveness and danger
What's hidden behind your eyes: A vivid inner world
What Color Should Your Eyes Be?

Este quiz é giro... Devolve-nos a infância...

prince.
You are the little prince.

Saint Exupery's 'The Little Prince' Quiz.
brought to you by

sábado, dezembro 10, 2005

Gosto de Cuba mas estas piadas estão muito boas..

Uma professora cubana mostra aos alunos um retrato do presidente Bush, e perguntaà classe:
- De quem é esse retrato?
Silêncio absoluto.
- Eu vou ajudar vocês um pouquinho. É por culpa desse senhor que nós estamos passando fome.
- Ah, professora! É que sem a barba e o uniforme não dava para reconhecer!
********************
Fidel está fazendo um de seus famosos discursos:
- E a partir de agora teremos de fazer mais sacrifícios!
- Trabalharemos o dobro! - diz alguém na multidão.
- E teremos de entender que haverá menos alimentos!
- Trabalharemos o triplo! - diz a mesma voz.
- E as dificuldades vão aumentar! - continua Fidel.
- Trabalharemos o quádruplo!
Aí o Fidel pergunta ao chefe de segurança:
- Quem é esse sujeito que vai trabalhar tanto?
- O coveiro, mi comandante.
***********************************
O povo cubano estava todo reunido em uma apresentação pública como ditador, e o seu assessor olhava para Fidel, virava para o povo e dizia:
- Mira, pueblo de Cuba! Acá está Fidel! Fidel no tiene la barba de Cristo?
E o povo:
- La tiene!
- Fidel no tiene los pelos de Cristo?
- Los tiene!
- Fidel no tiene lo ojos de Cristo?
- Los tiene!
Um bêbado então berra do meio da turba:
- ENTONCES, POR QUE NO CRUCIFICALO?
*********************************
Fidel sofre um enfarte, e a família o leva ao hospital.
O médico diz:
- Não há esperança!
O irmão pergunta:
- Ele vai morrer?
- Não. Vai continuar vivo.
***********************************
- Sabia que Adão e Eva eram cubanos?
- O que faz você pensar isso?
- Não tinham roupas, andavam descalços, não podiam comer maçã eouviam dizer que estavam num paraíso.
************************************
Fidel vai a um centro espírita e, na sessão, consegue conversar com a mãe morta:
- Mãe, no próximo ano eu ainda vou estar no poder?
- Sim, meu filho, vai.
- E o povo vai estar comigo?
- Não. Vai estar comigo.
*********************************
O governo revolucionário vai tomar todas as providências para que'nenhum' cubano vá para a cama sem comer.
Vai recolher todas as camas.
**************************************
Um surdo-mudo chega a um bar, passa a mão sobre uma suposta barba, e passa o dedo pelo pescoço, como se estivesse sendo degolado.
O garçon serve uma cuba-libre.
**********************************************
Qual o país mais próximo do inferno?
- Cuba.
- Não, o Haiti. Cuba é o inferno.
********************************
O pai cubano pergunta para o seu filho pequeno:
- O que você quer ser quando crescer?
- Estrangeiro, papai!

As decisões de um homem

Um homem tinha três namoradas e não sabia com qual delas deveria casar. Resolveu, então, fazer um teste para ver qual estava mais apta a ser a sua mulher. Tirou 15 mil euros do banco,deu 5 mil para cada uma e disse:
- Gastem como quiserem.
A primeira foi ao shopping, comprou roupas, jóias, foi ao cabeleireiro, salão de beleza, etc. Voltou para o homem e disse:
- Gastei todo o teu dinheiro para ficar mais bonita para ti, para te agradar. Tudo isso porque te amo.
A segunda foi ao mesmo shopping, comprou roupas para ele, um cd player, uma televisão ecran plano, dois pares de ténis para jogar basquetebol,tacos de golfe e filmes porno. Voltou para o homem e disse:
- Gastei todo o teu dinheiro para te fazer mais feliz,te agradar. Tudo isso porque te amo.
A terceira pegou o dinheiro, aplicou em acções. Em três dias duplicou o investimento,devolveu os 5 mil para o homem e disse:
- Apliquei o teu dinheiro e ganhei o meu. Agora posso fazer o que quiser com o meu dinheiro. Tudo isso porque eu te amo.
Então o homem pensou,pensou.... Pensou....Pensou....Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou...Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou....(homens, pensam muito...)Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... Pensou.... E casou com aquela que tinha as mamas mais fixes!

Assim vai o mundo...

Tem sido dias de conhecimento...

É estranho mas nestes dias em que passo um par de horas em viagem, tenho tido tempo para pensar, para me conhecer melhor...
Uma das coisas que cheguei à conclusão foi que tenho um único medo na vida! Até há uns dias pensava não ter nenhum, porque não tenho da morte e esse costuma ser o mais comum, mas encontrei algo que realmente me assusta... E foi ao lembrar-me de um dos meus livros e personagens literárias favoritas: o maravilhoso João da Ega d'Os Maias. Numa das últimas páginas do livro, Ega diz a Carlos: "Falhámos a vida, menino!"... Ora bem, descobri que é esse o meu maior medo, chegar a uma certa idade, olhar para trás e ver que a vida passou! Seja no amor, trabalho, hobbies, em qualquer coisa que ache que poderia ter feito melhor...
A outra coisa que descobri foi um vício... Provavelmente, um dos pouco que tenho! Adoro observar... Confesso-me um voyeur da vida quotidiana! De pormenores, de conjuntos, de pessoas, de objectos, de personalidades, de comportamentos, enfim, de tudo... Procuro observar tudo e formar uma opinião... E depois escrever, descrever, reinventar o que vi... É um vício bom, que não apetece abandonar...

Assim vai o (meu) mundo...

sexta-feira, dezembro 09, 2005

Três perguntas e tiraram-me a pinta...

Your Personality Is
Rational (NT)

You are both logical and creative. You are full of ideas.You are so rational that you analyze everything. This drives people a little crazy!
Intelligence is important to you. You always like to be around smart people.In fact, you're often a little short with people who don't impress you mentally.
You seem distant to some - but it's usually because you're deep in thought.Those who understand you best are fellow Rationals.
In love, you tend to approach things with logic. You seek a compatible mate - who is also very intelligent.
At work, you tend to gravitate toward idea building careers - like programming, medicine, or academia.
With others, you are very honest and direct. People often can't take your criticism well.
As far as your looks go, you're coasting on what you were born with. You think fashion is silly.
On weekends, you spend most of your time thinking, experimenting with new ideas, or learning new things.
The Three Question Personality Test

Este é o meu tipo ideal de relacionamento (dizem eles)...

Your Ideal Relationship is Serious Dating
You're not ready to go walking down the aisle.But you may be ready in a couple of years.You prefer to date one on one, with a commitment.And while chemistry is important, so is compatibility.

A razão de estas brincadeiras...

Os testes de brincadeira que vocês vão ver aparecer no blog são "culpa" da espirituosa Wakewinha (http://vozobliqua.blogspot.com), que me pôs a fazer estas coisas engraçadissimas... Um beijo para ela e divirtam-se...

Assim vai o (meu) mundo...

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Tem piada...

Cavaco Silva e Mário Soares declinaram o convite
para participarem no "Levanta-te e ri !"...
Um não consegue rir-se, o outro não se consegue levantar ...

Assim vai o mundo...

Não nos serve de consolo, mas...

Estamos sempre a dizer Portugal está mal e que somos uns desgraçados... Pois bem, o Instituto de Estatistica espanhol revelou que 20% dos espanhóis vive abaixo do limiar da pobreza! Dá que pensar...

Assim vai o mundo...

quarta-feira, dezembro 07, 2005

De que cor deve ser o meu blog...

Your Blog Should Be Purple
You're an expressive, offbeat blogger who tends to write about anything and everything.You tend to set blogging trends, and you're the most likely to write your own meme or survey.You are a bit distant though. Your blog is all about you - not what anyone else has to say.
What Color Should Your Blog or Journal Be?

Vida sem escrita...

Um dia sem escrever, descrever, viver outra vida, é um dia absorto, torto, morto...
É dia vão, dia vão, dia não, dia cão...
É tempo fútil, tempo inútil...
Este vício de escrever corrói, mói, destrói, quando não é apoiado, acariciado, alimentado...
Reinventar a realidade, a verdade, a vontade de uma vida diferente, aparente, ausente...
É um mundo criado, alterado, embelezado, para a gente se apaixonar, amar, odiar...
Vidas vividas, mortes morridas, escritas escrevidas, letras lidas...
Todos os dias são dias de escrever, descrever, viver outra vida feita, desfeita, perfeita...

Assim vai o mundo...

PS- Às vezes até escrevo coisas boas...

terça-feira, dezembro 06, 2005

segunda-feira, dezembro 05, 2005

Tudo tem explicação...

Certas expressões são utilizadas para um contexto, mas não sabemos de onde surgiram e se o seu significado é o original! É o caso de "pôr os cornos"...
Na época da nobreza e dos senhores feudais, o direito à caça era exclusivo aos nobres. Quando estes saíam das suas habitações e tinham de dormir nalguma casa dos seus súbditos, tinham o direito a dormir com a mulher da casa. Ora vai daí, se a cama o satisfizesse (fosse dormir ou os serviços da mulher), ele concedia ao homem o direito a uma caçada. O animal (veado, boi, etc) era comido e a sua cabeça (ou apenas os cornos) tinham como destino a porta da casa. Era um sinal de prestígio que a casa ostentasse tal oranamento. À medida que os séculos foram passando surgiu a noção de adultério (criada pela Igreja), e já tal situação/expressão passou a ser negativa.
Não deixa de ser curiosa a história de uma expressão tão usada...

Assim vai o mundo...

domingo, dezembro 04, 2005

A apologia do tu...

Agora que estou em contacto com uma organização e os elementos que a constituem, deparo-me com o problema do "tu" e do "você"...
Não estando habituado a ser tratado com a distância do "você" faz-me confusão todos os dias ouvir verbos, pronomes e demais palavras dirigidas a mim sem ser na 2ª pessoa do singular. Apesar de normalmente, por uma questão de respeito, tratar as pessoas mais velhas por "você", permito na primeira oportunidade que me tratem com proximidade. E isto seja uma criança ou um adulto. Não tenho feitio para ser "senhor" (costumo dizer que esse está no céu) e muito menos "doutor" (porque não é o grau académico que me define como pessoa). Sou sempre o Francisco ou Chico! Do mundo ou daqui perto! Mas sempre o mesmo...

Assim vai o mundo...

sábado, dezembro 03, 2005

O famigerado bom senso...

Em filosofia, falava-se muito em senso comum e bom senso. Sendo que o senso comum é inevitável porque reporta ao conhecimento geral das pessoas, já o bom senso exige um pouco mais de discernimento...
Se há virtudes que destaco e elogio nos portugueses (simpatia, hospitalidade, etc), o bom senso não é de certeza uma delas. Somos sul europeus, latinos, impulsivos, e tudo isto impede muitas vezes o nosso bom senso. Como bom senso entendo toda a capacidade do ser humano em tomar decisões mesmo não apoiado em leis existentes. Ou seja, conseguir discernir que apesar de nada o determinar, é melhor escolher um caminho razoável e sensato. E tenho dúvidas que sejamos especialistas nisto! Em todos os sectores do quotidiano... No desporto, os árbitros ou permitem comportamentos violentos ou distribuem sanções; na formação, praticam-se cargas horárias descabidas e matérias pedagógicas desajustadas à vida prática; e na vida em sociedade, raramente se vêem gestos de civilidade (seja em passadeiras, filas, etc).
Vivemos demasiado da paixão, do momento, para termos um bom senso apurado... Mas somos assim...

Assim vai o mundo...

quarta-feira, novembro 30, 2005

A meio gás, mas com força...

Lembro-me de um dia pensar que iria considerar que trabalhava quando recebesse o meu primeiro salário. Pois bem, creio ter chegado a altura...
Depois de muito tempo desocupado, várias tentativas em áreas diferentes, tudo acabou por se decidir rapidamente. A necessidade de um tradutor num encontro transnacional acabou por me pôr a trabalhar em part-time para a ADILO como responsável da transnacionalidade. Porto, Toulouse, Vigo e Chieti são as quatro cidades que integram o projecto, e eu terei de ser a ponte com elas.
Como vantagens tem o facto de poder exercer RI, como desvantagens o francês ser a lingua oficial.... Se estou feliz? Pouco a pouco...

Assim vai o (meu) mundo...

domingo, novembro 27, 2005

Preguiça é pecado capital...


Esta é a forma que um americano normal usa para passear o cão...

Assim vai o mundo... Posted by Picasa

sexta-feira, novembro 25, 2005

Formas de passar o tempo num hipermercado...

1. Agarra em 24 caixas de preservativos e põe em vários carrinhos,aleatoriamente, quando a pessoa estiver distraída
2. Programa os despertadores para tocarem de 5 em 5 minutos
3. Vai ao apoio a clientes e pergunta se te podem reservar um pacote de M&Ms
4. Monta uma tenda na secção de campismo, diz aos outros clientes que vais passar a noite por lá. Convence as pessoas a trazerem almofadas da secção têxtil e a juntarem-se a ti
5. Quando um funcionário te perguntar se precisas de ajuda, começa a chorar e grita: "Porque é que vocês não me deixam em paz?!?!!?!?"
6. Encontra uma câmara de vigilância e usa-a como espelho enquanto tiras macacos do nariz
7. Procura uma faca de trinchar bem afiada. Leva-a contigo durante todo o percurso das compras e vai perguntando aos funcionários se ali vendem anti-depressivos
8. Desliza pela loja com um ar suspeito, enquanto cantas o tema da Missão Impossível"
9. Esconde-te atrás da roupa que está exposta em cabides e quando alguém estiver a ver os artigos grita "ESCOLHE-ME! LEVA-ME PARA CASA!"
10. Quando alguém anunciar seja o que for no altifalante,deita-te no chão, em posição fetal, e grita: NÃÃÃO! As vozes! Outra vez as vozes!"

E, por fim: Vai ao provador de roupa. Fecha a porta, aguarda um minuto e depois grita: "Onde é que está o papel higiénico????!"

Assim vai o mundo...

quinta-feira, novembro 24, 2005

Mais um ínicio...

A minha vida tem muitos ínicios... Hoje foi mais um... De que falo? Direi a seu tempo...

Assim vai o (meu) mundo...

quarta-feira, novembro 23, 2005

Ooooopppsss....


Será caso para dizer oopppsss....

Assim vai o mundo... Posted by Picasa

terça-feira, novembro 22, 2005

Futebol, esse jogo para machos...


Neste conjunto de imagens temos a demonstração como o futebol é um desporto muito sexual...

Assim vai o mundo... Posted by Picasa

Excelente maneira de saber como vai o mundo...

Esta é uma das descobertas à Chico...

http://rocketboom.com/vlog/

Apreciem...

Assim vai o mundo...

domingo, novembro 20, 2005

O pão...

É de mim ou o pão de agora não vale nada... Sobretudo as pessoas do Norte tem de concordar comigo...
Eu ainda sou do tempo, como dizia aquela senhora, em que o pão era saboroso e durava pelo menos um dia... A broa de milho, a bica, o cacete e a bela da regueifa (em que eu mergulhava a Becel) eram feitas em fornos de lenha e tinham um saborzinho bom... E se no diz seguinte já não estavam perfeitas, iam ao forno e eram uma delícia... Agora o pão vale cada vez meno e está cada vez mais caro! Não será caso do governo declarar calamidade nacional?

Assim vai o mundo...

sábado, novembro 19, 2005

Conselhos de um velho apaixonado...

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer o teu coração parar de funcionar por alguns segundos, presta atenção: pode ser a pessoa mais importante da tua vida. Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem de água neste momento, entende: existe algo mágico entre vocês. Se o 1º e o último pensamento do teu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeçe: Algo do céu te mandou um presente divino : O AMOR. Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e,em troca, receberes um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entrega te: vocês foram feitos um pro outro. Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Às vezes encontram e, por não prestarem atenção a esses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio.

Carlos Drummond de Andrade

Assim vai o mundo...

sexta-feira, novembro 18, 2005

Grandes ensinamentos dados por gente pequena...

"Se gostavas de ter um cão, começa por pedir um cavalo." Luis - 13 anos
"Nunca te metas com uma miúda que já te bateu uma vez" Pedro - 9 anos
"Se a tua mãe esteve a discutir com o teu pai, não a deixes pentear-te." Sara - 12 anos
"Se quiseres dar banho a um gato, prepara-te para tomares um também." João -10 anos
"Nunca se deve confiar num cão para guardar a nossa comida." Gonçalo -11anos
"Nunca entre numa corrida com os atacadoresdesapertados." André - 12 anos
"Quantos mais erros faço mais esperta fico." Inês - 8 anos
"Há muitas coisas que a gente sabe e que as notas não dizem." Rita - 10anos
"Quando as coisas estão escritas em letras pequenas é porque são importantes." Diogo - 10 anos

Assim vai o mundo...

quinta-feira, novembro 17, 2005

Pois...

"A cada partida uma vontade de um regresso!"

Assim vai o (meu) mundo...

quarta-feira, novembro 16, 2005

Woodstock revival...

Hoje foi dia de festa Flower Power... Uma roupa de 10 euros arranjada numa loja de 2ª mão muito fixe, uns óculos que fariam inveja ao John Lennon, um lenço na cabeça e siga para a festa... Muita música revival, anos 60, 70 e um pouco 80 para que houvesse dança a rodos e diversão a potes... Gosto de festas assim...

Assim vai o (meu) mundo...

terça-feira, novembro 15, 2005

Até já...

Hoje um grande grande, não é repetição involuntária, amigo meu partiu na sua maior aventura...
Vai coordenar o projecto nacional de uma ONG em Moçambique. Será um desafio enorme porque vai gerir pessoas e vontades, mas eu confia nele e nas suas capacidades, por isso sei que este foi o primeiro grande passo numa carreira que será brilhante.
Um dia disse-lhe que ele era o meu exemplo em muitas coisas. Cada vez mais sei que isso é verdade...

Assim vai o (meu) mundo...

segunda-feira, novembro 14, 2005

O famigerado crime...

Fui ver o Crime do Padre Amaro! Desta vez a versão portuguesa...
Devo confessar que nunca li o livro de Eça de Queiroz. Prometo que um dia o farei! No entanto, já vi algumas versões visuais. Há muitos anos vi uma série televisiva, há algum tempo a versão cinematográfica mexicana com Gael Garcia Bernal no papel principal, e finalmente hoje a nova versão. Querendo ser mais actuais que Eça, dois argumentos de cinema perdem um pouco de sentido pelo exagero que tomam. Jorge Carrula, uma bela surpresa de interpretação (se bem que Nicolau Breynner, João Lagarto e sobretudo Nuno Melo sejam as melhores interpretações), é posto num bairro degradado, e deixa-se cair em tentação por uma mulher fatal (a bela Soraia Chaves). Como consequência, acabamos com um aborto e a morte do elemento feminino.
Todos os padres são vistos como homens pecadores e cheios de vícios. Ora bem, não concordando eu com tudo o que existe na Igreja Católica, também não penso que todos os clérigos sejam poços de defeitos. Outro aspecto que salta à vista é a nudez dos personagens. Apesar de serem corpos agradáveis à vista, acho que ela devia ser mais imaginada do que vista, mais sombreada que clareada. Aliás, a cena em que Soraia Chaves está em frente ao frigorífico é imagísticamente a mais bonita da película, sobretudo pela semi-obscuridade.
A banda sonora é actual, com bons temas pelos Da Weasel e Sam The Kid.
Concluindo, o filme é bom mas um pouco comercial. A ter de escolher, escolheria o mexicano...

Assim vai o mundo...

domingo, novembro 13, 2005

Forgotten Child...

Posted by Picasa

Forgotten child of old Britain,
Long lost without a captain,
There is no Wallace, there is no Collins,
There is no rise, there are no fallings...

In every Welsh lays a big heart, I know,
Although the present that don't show.
The future can only be good
If my message is understood..

"Wales the brave, Wales the old,
Wales the grey, Wales the cold...
In Cardiff, children play, it is true
But, then again, what can they do?"

sábado, novembro 12, 2005

Futuro adiado

Posted by Picasa
País de nome, país de Gales,
irmão esquecido da Grã Bretanha,
vive sem bens, sobrevive sem males
uma vida calma, uma vida estranha...

Nesta Cardiff fabril e fumarenta,
que a preto e branco é cinzenta,
a cabeçada nunca é golo,
quem não o sabe é tolo...

O resultado está empatado,
O tempo está parado,
O futuro está adiado,
Este é o vosso fado...

sexta-feira, novembro 11, 2005

É a mais pura das verdades...


O meu amigo Nuno esteve lá e comprovou a veracidade do aviso...

Assim vai o mundo... Posted by Picasa

O nosso papel...

Eu nem costumo concordar com algumas coisas que ele diz, mas acho que desta vez acertou...

Eduardo Prado Coelho - in Público

A crença geral anterior era de que Santana Lopes não servia, bem como Cavaco, Durão e Guterres. Agora dizemos que Sócrates não serve. E o que vier depois de Sócrates também não servirá para nada. Por isso começo a suspeitar que o problema não está no trapalhão que foi Santana Lopes ou na farsa que é o Sócrates. O problema está em nós. Nós como povo. Nós como matéria prima de um país. Porque pertenço a um país onde a ESPERTEZA é a moeda sempre valorizada, tanto ou mais do que o euro. Um país onde ficar rico da noite para o dia é uma virtude mais apreciada do que formar uma família baseada em valores e respeito aos demais. Pertenço a um país onde, lamentavelmente, os jornais jamais poderão ser vendidos como em outros países, isto é, pondo umas caixas nos passeios onde se paga por um só jornal E SE TIRA UM SÓ JORNAL, DEIXANDO-SE OS DEMAIS ONDE ESTÃO. Pertenço ao país onde as EMPRESAS PRIVADAS são fornecedoras particulares dos seus empregados pouco honestos, que levam para casa, como se fosse correcto, folhas de papel, lápis, canetas, clips e tudo o que possa ser útil para os trabalhos de escola dos filhos ... e para eles mesmos. Pertenço a um país onde as pessoas se sentem espertas porque conseguiram comprar um descodificador falso da TV Cabo, onde se frauda a declaração de IRS para não pagar ou pagar menos impostos. Pertenço a um país onde a falta de pontualidade é um hábito. Onde os directores das empresas não valorizam o capital humano. Onde há pouco interesse pela ecologia, onde as pessoas atiram lixo nas ruas e depois reclamam do governo por não limpar os esgotos. Onde pessoas se queixam que a luz e a água são serviços caros. Onde não existe a cultura pela leitura (onde os nossos jovens dizem que é "muito chato ter que ler") e não há consciência nem memória política, histórica nem económica. Onde nossos políticos trabalham dois dias por semana para aprovar projectos e leis que só servem para caçar os pobres, arreliar a classe média e beneficiar a alguns. Pertenço a um país onde as cartas de condução e as declarações médicas podem ser "compradas", sem se fazer qualquer exame. Um país onde uma pessoa de idade avançada, ou uma mulher com uma criança nos braços, ou um inválido, fica em pé no autocarro, enquanto a pessoa que está sentada finge que dorme para não dar-lhe o lugar. Um país no qual a prioridade de passagem é para o carro e não para o peão. Um país onde fazemos muitas coisas erradas, mas estamos sempre a criticar os nossos governantes. Quanto mais analiso os defeitos de Santana Lopes e de Sócrates, melhor me sinto como pessoa, apesar de que ainda ontem corrompi um guarda de trânsito para não ser multado. Quanto mais digo o quanto o Cavaco é culpado, melhor sou eu como português, apesar de que ainda hoje pela manhã explorei um cliente que confiava em mim, o que me ajudou a pagar algumas dívidas. Não. Não. Não. Já basta. Como "matéria prima" de um país, temos muitas coisas boas, mas falta muito para sermos os homens e as mulheres que nosso país precisa. Esses defeitos, essa "CHICO-ESPERTERTICE PORTUGUESA" congénita, essa desonestidade em pequena escala, que depois cresce e evolui até converter-se em casos escandalosos na política, essa falta de qualidade humana, mais do que Santana, Guterres, Cavaco ou Sócrates, é que é real e honestamente ruim, porque todos eles são portugueses como nós, ELEITOS POR NÓS. Nascidos aqui, não em outra parte... Fico triste. Porque, ainda que Sócrates fosse embora hoje mesmo, o próximo que o suceder terá que continuar trabalhando com a mesma matéria prima defeituosa que, como povo, somos nós mesmos. E não poderá fazer nada... Não tenho nenhuma garantia de que alguém possa fazer melhor, mas enquanto alguém não sinalizar um caminho destinado a erradicar primeiro os vícios que temos como povo, ninguém servirá. Nem serviu Santana, nem serviu Guterres, não serviu Cavaco, e nem serve Sócrates, nem servirá o que vier. Qual é a alternativa? Precisamos de mais um ditador, para que nos faça cumprir a lei com a força e por meio do terror? Aqui faz falta outra coisa. E enquanto essa "outra coisa" não comece a surgir de baixo para cima, ou de cima para baixo, ou do centro para os lados, ou como queiram, seguiremos igualmente condenados, igualmente estancados....igualmente abusados! É muito bom ser português. Mas quando essa portugalidade autóctone começa a ser um empecilho às nossas possibilidades de desenvolvimento como Nação, então tudo muda... Não esperemos acender uma vela a todos os santos, a ver se nos mandam um messias. Nós temos que mudar. Um novo governante com os mesmos portugueses nada poderá fazer. Está muito claro... Somos nós que temos que mudar. Sim, creio que isto encaixa muito bem em tudo o que anda a nos acontecer: desculpamos a mediocridade de programas de televisão nefastos e francamente tolerantes com o fracasso. É a indústria da desculpa e da estupidez. Agora, depois desta mensagem, francamente decidi procurar o responsável, não para castigá-lo, senão para exigir-lhe (sim, exigir-lhe) que melhore seu comportamento e que não se faça de mouco, de desentendido. Sim, decidi procurar o responsável e ESTOU SEGURO QUE O ENCONTRAREI QUANDO ME OLHAR NO ESPELHO. AÍ ESTÁ. NÃO PRECISO PROCURÁ-LO EM OUTRO LADO. E você, o que pensa?.... MEDITE!
EDUARDO PRADO COELHO

Assim vai o (nosso) mundo...

quinta-feira, novembro 10, 2005

Homenagem devida...

Morreu no passado dia 24 de Novembro, Rosa Parks. Deixo aqui a minha homenagem a uma das maiores defensoras dos direitos humanos... Se quiserem saber mais sobre ela, procurem, porque ela merece o esforço...

Assim vai o mundo...

quarta-feira, novembro 09, 2005

Sabiam que...

Portugal vai adoptar uma lei comunitária que diz que sexo com menores de 18 anos é crime! Será que é uma tentativa de acabar com as gravidezes na adolescência, ou com a pedofilia, ou com os abortos? Seja como for não me parece que seja uma lei destas que o vai fazer... Até porque, quem raio é que vai fiscalizar todos os casais do mundo?

Assim vai o mundo...

A bomba-relógio francesa...

Mais tarde ou mais cedo, a bomba teria que rebentar... A França foi durante anos um ponto de chegada de milhares de imigrantes. De várias nacionalidades, raças, ou credos, os imigrantes foram chegando e construindo um mosaico multi-étnico. Lembro-me quando a França foi campeã do mundo de futebol, foi exaltado o facto de a quase totalidade dos jogadores serem filhos de imigrantes de vários locais (Tunísia, Azerbeijão, Martinica, Marrocos,Portugal,etc), e era dado como exemplo de uma perfeita integração de imigrantes de 2º geração. Pois bem, o problemas é que nem todos são jogadores de futebol. E os jovens que não encontram trabalho, que se refugiam na droga, no crime, tem a grande dificuldade de não se sentirem franceses mas também não se sentirem oriundos da terra de seus pais. É a pior forma de ser apátrida, já que não é ter o mundo como casa, mas não ter casa em terra alguma...
Dois jovens menores fugiam da polícia, não por terem roubado alguma coisa como disse e depois desmentiu a polícia, mas de um controlo. Eles não cadastro e acabaram encurralados numa caixa de alta tensão, morrendo electrocutados. Iniciou-se aí a revolta, piorada com o lançamento de uma bomba de gás lacrimogénio para dentro de uma mesquita cheia de infiéis. Tudo este processo foi conduzido como um elefante em loja de porcelana pelo ministro do Interior Sarkozy (apontado como candidato a presidente da República), que foi chamando "escumalha" a estes franceses de segunda, sendo secundado por Chirac que afirmou que os franceses estão fartos dessa gente. Não me parecem bons princípios de diplomacia e igualdade, e o mesmo terá achado o Ministro da Igualdade francês (descendente de imigrantes), que se demarcou destas afirmações. Como resultado temos caos em todas as grandes cidades francesas ( e a alastrar-se aos países vizinhos) e uma terrível ineficácia em resolver o assunto. Não vejo o recolher obrigatório como solução, e aliás, não vejo solução nenhuma, porque quem semeia ventos, colhe sempre tempestades...

Assim vai o mundo...

Eu e o Bush...

 


O que eu gosto de pegar com o Bush... Posted by Picasa

terça-feira, novembro 08, 2005

Exemplos...

O coração de um jovem palestiniano, baleado por militares israelitas quando brincava com uma pistola de plástica, salvou a vida de uma menina israelita... Pelos vistos, em termos de coração somos todos iguais. Sem credos nem nacionalismos...

Assim vai o mundo...

Verdades Quase Absolutas...

1 - Para evitar ter filhos, faça amor com a cunhada. Só irão nascersobrinhos...
2 - Todos os cogumelos são comestíveis. Alguns só uma vez...
3 - Seja porreiro com os seus filhos. Lembre-se que serão eles aescolher o seu asilo...
4 - Nascemos carecas, nús e sem dentes. O que aparecer pelo caminho é lucro!
5 - Amigos vêm e vão, os inimigos acumulam...
6 - Se o amor é cego, o que é preciso é apalpar...
7 - Se a mulher fosse boa, Deus tinha uma. E se fosse de confiança, oDiabo não tinha cornos...
8 - Porque é que o pão se queima, o leite entorna, e a mulher engravida? Porque não se tira a tempo...
9 - Alguns homens amam tanto as suas mulheres, que para não as gastarem, preferem usar as dos amigos...
10 - Pior que uma pedra no sapato só um grão de areia no preservativo...
11 - Se um dia te sentires inútil ou deprimido, lembra-te só disto: Já houve um dia em que foste o espermatozóide mais rápido do grupo!
12 - Os trabalhadores mais incapazes são sistematicamente promovidos para um lugar onde possam causar menos danos: O lugar de Chefe...
13 - Os chefes são como as nuvens, quando desaparecem fica um dia lindo...
14 - O que leva os homens a perseguir mulheres com quem não tencionam casar? Certamente o mesmo tipo de impulso que leva os cães a perseguir carros que não tencionam conduzir...
15 - Sogra há só uma, mas parecem tantas...

O meu abandono da matemática..

Acredito que há pessoas viradas para os números, outras para as letras, outras para os riscos... Definitivamente eu não sou uma pessoa de números...

 Posted by Picasa

Juventude Inquieta

É nas conversas de café que surgem muitas vezes os passos em frente. Há um déficit de "juventude inquieta" nesta geração...
No fim dos anos 80 e, sobretudo, 90 surgiu em Portugal a expressão "geração rasca". A diferença de comportamentos e de alguns valores fez com que a geração pós-25 de Abril não fosse vista com bons olhos por quem viveu a ditadura. Mas nem tudo foi culpa nossa! Digo "nossa" porque me incluo nesta faixa etária. A invasão mediatizada de valores europeus e norte-americanos, a diferente educação dada pelos pais (fruto da maior profissionalização das mulheres e do papel da televisão), a maior facilidade de acesso à internet, fizeram com que os jovens crescessem mais informados mas mais perdidos. Penso que a idade adulta surge mais cedo, pois agora não é o casamento o catalizador da saída de casa e emancipação paternal, mas a entrada na universidade. O viver sozinho com 17/18 anos fez com que os jovens tivessem amadurecido à pressão, sem a necessária tranquilidade. O desemprego, cada vez mais agudo, demonstrou as fragilidades humanas dos jovens. Sentimo-nos perdidos, apáticos, pessimistas. É um estado letárgico por culpa própria mas ajudada por uma geração mais velha que preferiu sentenciar "Esta juventude está perdida" do que mostrar outros caminhos.
Ora bem, é complicado romper este marasmo, mas é possivel. Falando com um amigo, criticavamos o estado a que chegou a nossa cidade e jovens conterrâneos. O país enfrenta os mesmos problemas mas a nossa escala de acção tem de ser pequena. Lembrei-me então de invocar uma figura que se foi perdendo e que os chats internáuticos não substituiram: as tertúlias. Estes ajuntamentos de pessoas e opiniões (normalmente associados a locais com cafés ou agremiações) podem ser um novo ponto de partida para uma juventude mais interventiva (fora de âmbitos políticos, religiosos ou desportivos). É necessário procurar reunir pessoas que queiram participar de uma forma mais activa na sociedade. Mas como não gosto muito de teoria, fico-me por aqui...

Assim vai o mundo...

segunda-feira, novembro 07, 2005

Vi no Origem e não resisti

Vi isto no blog do FJV e não resisti a postar... Feliz do país que pode gozar de si mesmo...

 Posted by Picasa

Agora um bocadinho de brincadeira...

A arte do insulto, quando bem cuidado, é um belíssimo jogo de linguagem... Vejam neste site insultos em quase todas as linguas do mundo e divirtam-se...

http://www.insultmonger.com/swearing/index.htm

Já sabem como eu sou...

Se me conhecem sabem que procuro sempre divulgar este tipo de sites e iniciativas... Para que conheçamos o outro lado da moeda, e pelo menos, saibamos a sorte que temos...

http://www.ekincaglar.com/coin/

domingo, novembro 06, 2005

Vida de cão...

Tantas e tantas vezes ouvi dizer que os cães tem uma boa vida! Agora começo a entender porquê....

 Posted by Picasa

sábado, novembro 05, 2005

Pelo menos, faz sorrir..

Mesmo que seja apenas uma pintura de um carro, ocorrem-me várias coisas que um peão poderia dizer....


Assim vai o mundo... Posted by Picasa

sexta-feira, novembro 04, 2005

É estúpido mas faz sorrir..

Bem sei que é parvo, mas rir é preciso...

 Posted by Picasa

A bela da música...

"Maybe Tomorrow"
Stereophonics

Been down and I’m wondering why
These little black clouds keep walking around with me, with me
Waste time and I’d rather be high
Think I’ll walk me outside and buy a rainbow smile but be free, be all free

So maybe tomorrow I’ll find my way home
So maybe tomorrow I’ll find my way home

I look around at a beautifiul life
I been the upper side of down; been the inside of out but we breathe, we breathe
I wanna a breeze and an open mind
I wanna swim in the ocean, wanna take my time for me, it’s all free

So maybe tomorrow I’ll find my way home
So maybe tomorrow I’ll find my way home
So maybe tomorrow I’ll find my way home
So maybe tomorrow I’ll find my way home

Assim vai o mundo...

Novo concurso no Escritor Famoso..

Mais uma vez me meti na aventura de um concurso literário do blog Escritor Famoso... Desta vez tenho de construir um poema com base numa foto. Quem me conhece sabe que não tenho muito dom para a poesia, mas enfim... Quanto à foto, a escolhida foi esta: Cardiff de David Hurn!


Assim vai o mundo... Posted by Picasa

quinta-feira, novembro 03, 2005

Em Portugal, às vezes é assim...



Por vezes, com o atendimento que há, mais vale que seja mesmo granada.. Posted by Picasa

Mas que bela ideia...

Não seria eu se não falasse de uma das melhores iniciativas da blogosfera... Mais não digo, apenas vos indico o caminho: http://proximizade.weblog.com.pt/

Assim vai o mundo...

quarta-feira, novembro 02, 2005

Informações inúteis...

E que tal alguns nomes de fobias:

Peladofobia- medo de pessoas carecas (discriminação capilar)
Alectorofobia- medo de galinhas (assim não há o perigo da gripe das aves)
Hippopotomonstrosesquippedaliofobia- medo de palavras longas (sobretudo de escrevê-las)
Arachibutyrofobia- medo de ficar com manteiga de amendoim, pipocas ou qualquer doce compacto colado ao céu da boca (sem comentários)
Blennofobia- medo de coisas viscosas (até é um nome simpático)
Didascaleinofobia- medo da escola (todos nós tivemos pelo menos durante um dia)
Octofobia- medo do número oito (sempre achei aquelas bolas sobrepostas ameaçadoras)
Gellofobia- medo de gargalhadas (convém fugir de Seinfelds ou Gatos Fedorentos)
Panofobia- medo de tudo (a ser que seja assim, em grande)

Decididamente, cada maluco, sua mania...

Assim vai o mundo...

terça-feira, novembro 01, 2005

Já só é preciso andar...

Sempre em busca de formas diferentes para perder peso, eis que umas simples sapatilhas parecem ter bons resultados...
O engenheiro suiço Karl Müller descobriu que ao andar descalço, as dores de costas e joelhos diminuíam. Vai daí desenhou umas sapatorras com o nome MBT, Masai (povo nómada que anda descalço) Barefoot Technology. Começaram a ser comercializadas em 1996, e os atletas profissionais gostaram muito. Ora bem, o melhor é que pelos vistos para além de corrigir a postura, ajuda a reduzir a celulite. Ora isto teve como efeito a venda de mais de um milhão de pares.
É claro que tinha de haver espinhos. As MBT não são giras e demora um pouco a habituar a caminhar com naturalidade (pois a sola tem 5 cm). Não tem, obviamente, resultados imediatos, já que na primeira semana não se pode usar mais de meia hora por dia.
Falta o preço... Mais ou menos 250 euros! Mas imagine-se o que se poupa em ginásio...

Assim vai o mundo...

segunda-feira, outubro 31, 2005

De tão louco, até pode ser positivo...

O nome de Nicholas Negroponte pode não dizer muito. Se disser que é o fundador do MIT pode ajudar. Se desvendar que este homem quer vender "laptops" em países de 3º Mundo, já creio chamar a atenção...
Depois de uma viagem ao Camboja, este homem teve a visão de construir um computador portátil que custasse menos de 100 dólares (cerca de 84 euros). Em Janeiro, no Fórum de Davos, afirmou que este projecto já tinha nome e fundação: One Laptop per Child (http://laptop.media.mit.edu/). Toda a gente troçou desta intenção, porém neste mês de Outubro, ele anunciou que em Novembro, na Tunísia, irá ser apresentado na Cimeira Mundial para a Sociedade da Informação um protótipo de máquina com um custo ainda nos 130 dólares. Ora bem, Brasil, China, Egipto, Tailândia, África do Sul e mesmo o estado americano do Massachussets já declararam que querem adquirir milhares destes computadores. A massificação da produção pode fazer com que o preço baixe mais!
Mas como é possível fazer um pc com um custo tão baixo? Simples. O pc é envolvido numa bainha de borracha (tornando-o mais resistente), usa cartões "flash" em vez de discos rígidos, tem um processador de 500 MHz, tem o sistema operativo Linux (menos conhecido, mais barato), tem um monitor LCD barato e até possui como sistema alternativo de energia um gerador manual integrado... Por tudo isto, acho que até é uma boa ideia e que poderá singrar...

Assim vai o mundo...

domingo, outubro 30, 2005

O que aconteceu no dia das eleições...

Não resisti a mostrar este mail sobre o dia 9 de Outubro de 2005...

8h00 - Abrem as urnas
8h01 - Santana Lopes vota vindo directamente da noite
8h15 - Soares acorda e não sabe que dia é.
8h16 - Soares vai à casa de banho e perde-se no corredor
8h30 - Sócrates vota e comenta para o "amigo" que hoje vai ser um grande dia
8h32 - Maria Barroso descobre Soares na cozinha e leva-o para a cama
8h45 - Carrilho acorda e telefona à Barbara para se juntarem para irem votar
9h00 - Zezinha entra na missa antes de ir votar
9h35 - Santana Lopes deita-se
11h00 - É colocado um banco à frente da mesa de voto nº 2 da secção de voto54.
11h01 - Marques Mendes vota na mesa 2 da secção 54.
11h02 - É retirado o banco
11h30 - Jerónimo de Sousa chega à sede do PCP onde começa a ouvir cassetes de tempos antigos e músicas revolucionárias
11h45 - Louça fuma o segundo charro do dia e já se está a borrifar para os resultados
12h00 - Soares consegue finalmente se levantar e veste-se para ir votar
12h05 - Maria Barroso volta a vestir Soares depois de lhe virar as calças para o direito
12h30 - Soares Junior vota e telefona ao pai a pedir ajuda
13h00 - Seara vai votar aproveitando o intervalo do jogo da manha na sporttv
13h00 - Soares chega ao local de voto
13h05 - Soares adormece na fila para votar
13h06 - Soares acorda e não sabe onde está
13h10 - Soares vota mas não sabe onde pos a cruzinha
13h15 - A caminho de casa Maria Barroso vê uma cruz desenhada na mão deSoares
15h00 - Carrilho vota mas não cumprimenta o presidente da mesa
15h30 - Carmona vota e mostra-se confiante perante os outros dois candidatos homens e as duas mulheres.
15h31 - Sá Fernandes vota e re-afirma-se homem
15h32 - Ruben de Carvalho mostra com orgulho a sua masculinidade num voto poderoso
15h33 - Zezinha sai da missa e vai votar e diz não conhecer nenhum Carmona
15h34 - Carrilho não se pronuncia e fecha-se no quarto a brincar com uma Barbie já antiga
17h00 - Louça vota e manda uma marrada na porta de tão charrado que está. Embora com aparato no impacto o incidente é levado a rir.
17h15 - Soares adormece
19h00 - Carmona ganha Lisboa
19h01 - Seara arrasa em Sintra
19h02 - Rio esmaga no Porto
19h30 - Soares acorda e telefona ao filho a dar-lhe os parabens
19h31 - Maria Barroso mete Soares na cama e pede-lhe para dormir
20h00 - Carrilho discursa não assumindo a derrota e acusando Carmona de ser mau
20h30 - Socrates esconde-se numa sala no largo do Rato e faz beicinho
20h45 - Jorge Coelho culpa a direita fascista
21h30 - Mudam as pilhas ao Jeronimo de Sousa
21h31 - Jeronimo de Sousa faz um discurso de vitória e exulta frases de 1917
22h00 - Carmona abre uma gafarra de whisky mas esconde-a de Sá Fernandes e de Miguel Portas
22h30 - Avelino Ferreira Torres foje para o Marco mas como não conhece a cidade perde-se e acaba aos pontapés aos caixotes do lixo
22h45 - Em Gondomar o Major explode com a vitória e quer bater em tudo e todos
23h00 - Fátima Felgueiras distribui pelouros por alguns presos e mete uma muda de roupa num saco azul em caso de ter de sair, só cabe uma muda de roupa pq o saco está cheio
23h10 - Soares acorda e comemora a vitória como Presidente. Maria Barroso mete-o na cama e dá-lhe dois comprimidos
23h15 - Barbara manda Carrilho para a cama sem jantar e tira-lhe o Ken durante uma semana por castigo
23h30 - João Soares chora em Sintra e prepara candidatura a uma Junta na margem sul
00h00 - Zezinha é eleita e comemora com um chá e umas torradas
00h01 - Soares adormece sem perceber o que aconteceu
00h02 - Santana Lopes acorda e vai para a noite.

sábado, outubro 29, 2005

Mais gelo...


Foi assim que sai do Dragão hoje... Gelado e com esta cara... Posted by Picasa

sexta-feira, outubro 28, 2005

Uma questão dental...

Hoje fui até à TAP, por causa de um lugar como assistente de bordo. É verdade, decidi tentar a carreira do "Chá? Café? Leite?"...
Ora bem, desde já o resultado: não fiquei! Sabia que era exigido boa aparência mas nunca pensei que estivesse perante um concurso Mister e Miss Mundo. Não sendo bonito, sei que também não sou feio e por isso encarei a entrevista com naturalidade. O pior foi o tempo em que estive à espera. Estando com outros candidatos, entabulámos conversa. Eram todas pessoas com muito boa aparência e bem falantes, sendo que estávamos todos tranquilos e calmos. Pois bem, quando saiu da entrevista a primeira pessoa deste grupo, uma rapariga bem gira, tivemos todos um choque quando ela disse não ter passado por ter borbulhas na cara. Caros leitores, a cara dela não tinha nada! Só de lupa... A seguir outra rapariga por causa de estrabismo! Mas qual quê? Nem se notava. Por fim, um rapaz, que quando entregou o CV foi logo eliminado porque tinha as unhas roídas...
Ora bem, logo percebi que não tinha hipótese. Porquê? Porque os meus dentes não são um teclado perfeito. E assim foi... Nunca pensei ser tão rapidamente eliminado mas assim aconteceu. Pelos vistos, não é a minha imagem que me vai garantir trabalho...

Assim vai o (meu) mundo...

quinta-feira, outubro 27, 2005

Um mundo sem imagem...

Tenho um respeito especial pelos cegos! É um respeito que parte do facto de achar que é preciso uma enorme coragem para se viver sem este pormaior que é a visão...
Estava hoje no Metro de Lisboa e vi algumas pessoas cegas. Não sabendo se a cegueira era de nascença ou posterior, dei por mim a pensar como será viver assim. Apesar de termos cinco, ou seis, sentidos, a visão é provavelmente um dos mais importantes. A percepção que temos do mundo, parte muito do que vemos, e depois é preenchida com os outros sentidos. Se ficarmos cegos depois de nascer, ou seja, quando podemos ter uma visão das formas, cores, texturas, conteúdos, etc, é diferente porque sabemos a realidade. Mas se é de nascença, aí as coisas complicam-se muitíssimo. Não existe a noção dos objectos e de como é o ambiente que nos rodeia. Por tudo isto, tenho um respeito enorme pelas pessoas que não se deixam esmorecer e que não perdem a vontade de viver, só porque não conseguem ver. Mas será que realmente, não conseguem ver? Será que mesmo de olhos fechados, eles não sentem como nós sentimos a chuva a cair, o canto de um pássaro, um cheiro a amoras... Lembro-me do filme "À primeira vista" e de como o ver não é o mais importante na vida!
Seja como for, o meu respeito e admiração a todas as pessoas que não podendo ver, não deixam que querer VIver.

Assim vai o mundo...

terça-feira, outubro 25, 2005

Uma guerra duradoura...

Entre hoje e amanhã, o meu lado mais sério será posto à prova, já que assisto a uma conferência internacional sobre o terrorismo na Fundação Calouste Gulbenkian...
Os oradores são bons e o tema interessante. O terrorismo deixou à muito de ser uma ameaça, para passar a ser uma realidade bem terrível. Em princípio, Portugal está a salvo de ataques como os que aconteceram em Nova York, Madrid, Londres, Balo, Nairobi, etc... Porém, é um problema que devemos conhecer e entender as suas causas e consequências. Os terrorismos são meticulosamente analisados e deve-se separar aqueles como o IRA ou ETA dos terrorismos religiosos radicais como o islamista da Al-Quaeda. Várias perspectivas foram analisadas e discutidas para que se conheça melhor este fenómeno que se tornou a luta de muitas estadistas...

Assim vai o mundo...

segunda-feira, outubro 24, 2005

Bela música..

"Freedom time"
Lauryn Hill
[Singing Chorus]
Everybody knows that they're guilty
Everybody knows that they've lied
Everybody knows that they're guilty
Resting on their conscience eating their inside
It's freedom, said it's freedom time now
It's freedom, said it's freedom time now
Time to get free, oh give yourselves up now
It's freedom, said it's freedom time
[First and only verse]
Yo, there's a war in the mind, over territory
For the dominion
Who will dominate the opinion
Skisms and isms, keepin' us in forms of religion
Conformin' our vision
To the world churches decision
Trapped in a section
Submitted to committee election
Moral infection
Epedemic lies and deception
Insurrection
Of the highest possible order
Destortin' our tape recorders
From here and like under water
Beyond the borders
Fond of sin and disorder
Bound by the strategy
It's systematic deprivaty
Heavy as gravity
Head first in the cavity
Without a bottom
A fate worse than Sodom
What's got 'em
Drunk of the spirits
Truth comes, we can't hear it
When you've been, programmed to fear it
I had a vision
I was fallin' in indecision
Apollin', callin' religion
Some program on television
How can dominant wisdom
Be recognized in the system
Of Anti-Christ, the majority rules
Intelligent fools
PhD's in illusion
Masters of massconfusion
Bacholors in past illusion
Now who you choosin'
The head or the tail
The bloodshed of male
Or confidance in the veil
Conferences of Yale
Discussin' doctrines of Baal
Causin' people to fail
Keepin' the third in jail
His word has nailed
Everything to the tree
Severing all of me from all that
I used to be
Formless and void
Totally paranoid
Enjoy darkness as the Lord
Keepin' me from the sword
Blocked from mercy
Bitter than (?)
Hungry and thirsty
For good meat we would eat
And still, dined at the table of deceit
How incomplete
From confrontation to retreat
We prolong the true enemies defeat
Destitute a necessity
Causin' desperation to get the best of me
Punishment 'til there was nothing left of me
Realizin' the unescapable death of m
eNo options in the valley of decision
The only doctrine, supernatural circumcision
Inwardly only water can purge the heart
From words, the fiery darts
Thrown by the workers of the arts
Iniquity, shapen in
There's no escapin' when
You're whole philosophy is paper thin
In vanity
The wide road is insanity
Could it be all of humanity
Picture that
Scripture that
The origin of man's heart is black
How can we show up for
An invisible war
Preoccupied with a shadow, makin' love with a whore
Achin' in sores
Babylon, the great mystery
Mother of human history
System of social sorcery
Our present condition
Needs serious recognition
Where there's no repentance there can be no remission
And that sentence, more serious than Vietnam
The atom bomb, and Saddam, and Minister Farakkhan
What's goin' on, what's the priority to youby what authority do we do
the majority hasn't a clue
We majored in curses
Search the chapters, check the verses
Recapture the land
Remove the mark from off of our hands
So we can stand
In agreement with his command
Everything else is damned
Let them with ears understand
Everything else is damned, let them with ears understand
[Singing Chorus]
It's freedom, said it's freedom time now
It's freedom, said it's freedom time now
It's freedom, I'ma be who I am
It's freedom time, said it's freedom time
Everybody knows that they've lied
Everybody knows that they've perpetrated inside
Everybody knows that they’re guilty, yes
Resting on their conscience eating their insides
Get free, be who you're suppost to be
Freedom, said it's freedom time now
Freedom, said it's freedom time
Freedom, freedom time now

Vamos, que já é tempo...

É uma semana complicada... Uma viagem a Lisboa, uma conferência internacional, umas oportunidades...
Nesta semana, poderá haver novidades quanto ao futuro, mas como não gosto de falar antes do tempo, fica para depois...
Excepcionalmente, e devido a este post ser apenas uma nota, irei postar duas vezes. Deixo então uma música...

Assim vai o mundo...

sábado, outubro 22, 2005

Concurso BlogCup



Começa o concurso... Senhores organizadores, tentarei pôr o selo sempre visível...

sexta-feira, outubro 21, 2005

A taça dos blogs

Um blog decidiu começar uma taça de blogs... Calculo que sejam postos em confronto alguns blogs e que sejam votados! Como sou um adepto de desporto, decidi entrar na brincadeira... Para as pessoas que costumam vir até aqui vou tentar manter o nível e conquistar os vossos votos...
Creio que tenho de pôr uma espécie de selo, mas como não percebo muito dito ainda tenho de renovar o template... Tudo em nome da animação...

Assim vai o (meu) mundo...

quarta-feira, outubro 19, 2005

Sugestões musicais...

Hoje apetece-me dar só algumas sugestões musicais... Como não quero limitar a albúns, dou o nome dos músicos! Assim:
Toots Thielemans - o mago da gaita de beiços
Chiara Civello - talvez a melhor voz italiana feminina do momento
Renee Olstead - uma bela alternativa a Jane Moonheit ou Diana Krall
Nina Simone - ouvi-la é ser embalado por uma voz sensual e quente
Nitin Sawhney - para descontrair e descobrir a verdadeira música do mundo
Carlos Gardel - somos transportados para Buenos Aires, porque morremos em cada tango
Gotan Project - que pegam em estilos bem antigos e os tornam actuais
Hermeto Pascoal - o Brasil de sons estranhos e melodiosos
Buena Vista Social Club - Compay Segundo e Ibrahim Ferrer e não digo mais nada
José Feliciano - o sotaque inglês de um porti-riquenho é inebriante
Donna Maria - ficava mal não por portugueses
Israel Kamakawiwo - confiem em mim, sobretudo se ouvirem o Somewhere over the rainbow

Para já chega...

Assim vai o mundo...

Perfeccionismos...

Tenho por feitio ser um pouco desleixado... Pelo menos, pensava eu que sim...
Começaram a dizer-me que achavam que eu era um perfeccionista, porque uso caneta de tinta permanente, escrevo em Moleskines, só tenho relógios de bolso, etc... Tive então que começar a pensar se teriam razão. Olhando para este blog, procuro sempre postar todos os dias, mesmo quando não tenho acesso à net; procuro não dar erros de português, se bem que nunca leio o que escrevo porque nunca gosto; acabo sempre os posts da mesma maneira, porque de facto falo da forma como vejo o mundo; e por fim o facto de pôr sempre o minuto 13 nas horas dos posts, porque esse é o meu número favorito...
Pensando melhor, mais do que perfeccionista (até porque não me importo que alguma coisa esteja mal), o que eu gosto mesmo mesmo é de pormenores. Sou então um pormenorista... Mas disso falaremos noutra altura qualquer..

Assim vai o (meu) mundo..

terça-feira, outubro 18, 2005

Inventar aforismos...

Confesso que gosto muito de ditos, frases famosas, aforismos, etc. Aliás um dos sites que mais gosto de visitar é o www.citador.pt! Mas por vezes gosto de fazer um exercício ainda mais divertido: inventar os meus próprios dizeres...
Todos nós sabemos brincar com as palavras e inventar máximas à La Palisse. São pequenas frase, normalmente verdades evidentes, em que esperamos dizer algo importante. É claro que não são frases lapidares a que Churchill, por exemplo, nos habituou, mas são coisas que temos pena de não escrever para mais tarde recordar...
Ainda assim, e como tributo a este post, deixo aqui dois ditos, o primeiro sobre a vida e o segundo sobre a nossa atitude perante a vida:
"A vida é como um dia, já que apesar da luz mais forte ser a do meio-dia, é no fim que o seu brilho é mais bonito."
"Só a busca da excelência, faz com que os grandes se tornem maiores."

Assim vai o mundo...

segunda-feira, outubro 17, 2005

Combater o spam...

Aviso todos os maravilhosos leitores deste blog que agora depois de comentarem, tem de escrever umas letras que estão em baixo da caixa de post. Tive de por o Word Verification porque o meu blog estava a ser bombardeado com posts de publicidade irritantes... Obrigado e espero que compreendam...

Assim vai o (meu) mundo...

domingo, outubro 16, 2005

A geração rasca...

Recebi hoje um mail que quase me comoveu! Não concordo muito com a idade pois não estou bem situado nos 30, mas concordo que a nova geração é diferente da minha... Leiam e relembrem certas coisas...

"Em conversa com o irmão mais novo de um amigo, cheguei a uma triste conclusão. A juventude de hoje, na faixa que vai até aos 20 anos, está perdida. E está perdida porque não conhece os grandes valores que orientaram os que hoje rondam os trinta. O grande choque, entre outros nessa conversa, foi quando lhe falei no Tom Sawyer. "Quem? " , perguntou ele. Quem?! Ele não sabe quem é o Tom Sawyer! Meu Deus.. Como é que ele consegue viver com ele mesmo? A própria música: " Tu que andas sempre descalço, Tom Sawyer, junto ao rio a passear, Tom Sawyer, mil amigos deixarás, aqui e além... " era para ele como o hino senegalês cantado em mandarim.
Claro que depois dessa surpresa, ocorreu-me que provavelmente ele não conhece outros ícones da juventude de outrora. O D'Artacão, esse herói canídeo, que estava apaixonado por uma caniche; Sebastien et le Soleil, combatendo os terríveis Olmecs; Galáctica, que acalentava os sonhos dos jovens, com as suas naves triangulares; O Automan, com o seu Lamborghini que dava curvas a noventa graus; O mítico Homem da Atlântida, com o Patrick Duffy e as suas membranas no meio dos dedos; A Super-Mulher, heroína que nos prendia à televisão só para a ver mudar de roupa (era às voltas, lembram-se?); O Barco do Amor, que apesar de agora reposto na Sic Radical, não é a mesma coisa. Naquela altura era actual ... E para acabar a lista, a mais clássica de todas as séries, e que marcou mais gente numa só geração: O Verão Azul. Ora bem, quem não conhece o Verão Azul merece morrer. Quem não chorou com a morte do velho Shanquete, não merece o ar que respira. Quem, meu Deus, não sabe assobiar a música do genérico, não anda cá a fazer nada.
Depois há toda uma série de situações pelas quais estes jovens não passaram, o que os torna fracos. Ele nunca subiu a uma árvore! E pior, nunca caiu de uma. É um mole. Ele não viveu a sua infância a sonhar que um dia ia ser duplo de cinema. Ele não se transformava num super-herói quando brincava com os amigos. Ele não fazia guerras de cartuchos, com os canudos que roubávamos nas obras e que depois personalizávamos. Aliás, para ele é inconcebível que se vá a uma obra. Ele nunca roubou chocolates no Pingo-Doce. O Bate-pé para ele é marcar o ritmo de uma canção. Confesso, senti-me velho ...
Esta juventude de hoje está a crescer à frente de um computador. Tudo bem, por mim estão na boa, mas é que se houver uma situação de perigo real, em que tenham de fugir de algum sítio ou de alguma catástrofe, eles vão ficar à toa, à procura do comando da Playstation e a gritar pela Lara Croft. Óbvio, nunca caíram quando eram mais novos. Nunca fizeram feridas, nunca andaram a fazer corridas de bicicleta uns contra os outros. Hoje, se um miúdo cai, está pelo menos dois dias no hospital, a levar pontos e a fazer exames a possíveis infecções, e depois está dois meses em casa a fazer tratamento a uma doença que lhe descobriram por ter caído. Doenças com nomes tipo "Moleculum infanticus" , que não existiam antigamente. No meu tempo, se um gajo dava um malho (muitas vezes chamado de "terno" ) nem via se havia sangue, e se houvesse, não era nada que um bocado de terra espalhada por cima não estancasse. Eu hoje já nem vejo as mães virem à rua buscar os putos pelas orelhas, porque eles estavam a jogar à bola com os ténis novos. Um gajo na altura aprendia a viver com o perigo. Havia uma hipótese real de se entrar na droga, de se engravidar uma miúda com 14 anos, de apanharmos tétano num prego enferrujado, de se ser raptado quando se apanhava boleia para ir para a praia. E sabíamos viver com isso.Não estamos cá? Não somos até a geração que possivelmente atinge objectivos maiores com menos idade? E ainda nos chamavam geração " rasca "... Nós éramos mais a geração " à rasca " , isso sim. Sempre à rasca de dinheiro, sempre à rasca para passar de ano, sempre à rasca para entrar na universidade, sempre à rasca a ver se a namorada estava grávida, sempre à rasca para tirar a carta, para o pai emprestar o carro. Agora não falta nada aos putos. Eu, para ter um mísero Spectrum 48K, tive que pedir à família toda para se juntar e para servir de prenda de anos e Natal, tudo junto. Hoje, ele é Playstation, PC, telemóvel, portátil, Gameboy, tudo. Claro, pede-se a um chavalo de 14 anos para dar uma volta de bicicleta e ele pergunta onde é que se mete a moeda, ou quantos bytes de RAM tem aquela versão da bicicleta.
Com tanta protecção que se quis dar à juventude de hoje, só se conseguiu que 8 em cada dez putos sejam cromos. Antes, só havia um cromo por turma. Era o tóto de óculos, que levava porrada de todos, que não podia jogar à bola e que não tinha namoradas. É certo que depois veio a ser líder de algum partido, ou gerente de alguma empresa de computadores, mas não curtiu nada. Hoje, se um puto é normal, ou seja, não tem óculos, nem aparelho nos dentes, as miúdas andam atrás dele, anda de bicicleta e fica na rua até às dez da noite, os outros são proibidos de se dar com ele."

Assim vai o mundo...